PUBLICIDADE
Topo

Orlando Morais pensou que covid seria leve e se diz vencedor: Muito difícil

Orlando Morais deu entrevista para Ana Maria Braga emocionado - Reprodução/TV Globo
Orlando Morais deu entrevista para Ana Maria Braga emocionado Imagem: Reprodução/TV Globo

De Splash, em São Paulo

20/04/2021 10h46Atualizada em 20/04/2021 10h46

O cantor e compositor Orlando Morais disse que se considera um vencedor após ficar internado entre março e abril para tratar da covid-19. Orlando, que chegou a ficar na UTI durante o período, imaginou que a doença seria mais branda.

No dia 1º, ele recebeu alta do hospital DF Star. Hoje, ele disse a Ana Maria Braga que pensava na família a todo momento, pensou que a doença seria leve e agradeceu aos profissionais da saúde.

Estava em Maceió, tive um mal-estar e fiz o teste rápido. Tinha na minha cabeça que era uma coisa leve. Quando estava no oitavo dia, a Glória chegou. Estava preocupado, ela já teve covid, tinha medo de ela pegar de novo. Comecei a ter febres muito altas. Não queria ser internado. Fui para o hospital e fui para UTI, ficou grave. Essa doença não te avisa. Se a gente não ficar atento. Ela vem numa força, de repente fui para a UTI

Orlando Morais - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Orlando Morais e Gloria Pires após compositor receber alta hospitalar
Imagem: Reprodução/Instagram

No final de março, o compositor deixou a UTI, mas continuou internado. Na alta, ele foi recepcionado por Glória Pires.

Sou forte, me sinto um vencedor. Aquela coisa de UTI, não tinha o menor convívio, eu peguei os olhos da Glória 24 horas, não dormia. Era muito difícil. Ela colocava meus filhos falando comigo, todo segundo era demorado

Orlando contou que recebeu mensagens dos filhos dele e de Glória Pires, incluindo Cleo.

O cantor disse que "temeu" perder sua família.

Naquele momento, eu tinha muito medo de perder tudo aquilo. Minha mãe de 85 anos, aquilo tudo vinha na minha cabeça. Não é que eu pensei em desistir, mas eu não aguentava mais. A Cleo dizia: 'você tem que prometer que nunca vai morrer'. Antonia me ligava com os olhos mais lindos do mundo. A Ana e o bento estavam tão assustados, não conseguia olhar para ele