PUBLICIDADE
Topo

Leandro Carneiro

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Record surfa em vazamento de informação e dá aula em 'traição' de Pyong

Antonela e Pyong na mesma cama na "Ilha Record" - Reprodução/Record TV
Antonela e Pyong na mesma cama na "Ilha Record" Imagem: Reprodução/Record TV
Conteúdo exclusivo para assinantes
Leandro Carneiro

Editor de Splash, viciado por qualquer tipo de reality show, inclusive aqueles que os famosos vivem na vida real. Jornalista há mais de 10 anos e palpiteiro desde sempre. Se o assunto for esporte entro em campo também.

Colunista do UOL

17/08/2021 09h21

Você provavelmente está frustrado com as cenas envolvendo Pyong Lee e Antonella embaixo do edredom da "Ilha Record". Mas se tem alguém que comemorou muito os acontecimentos foi a Record, que ensinou que é possível fazer reality show gravado.

A emissora mostrou um talento acima do comum para explorar uma história em que basicamente nada aconteceu. Todo suspense foi criado em cima de uma traição que não existiu.

Ainda que tenha quem condene a atitude de Pyong em dar trela para Antonella e que no lugar de Sammy Lee teria se separado do ilusionista, ele não fez nada embaixo do edredom como muitos esperavam.

E a Record? Em todas as oportunidades que pôde falar sobre o assunto, a apresentadora Sabrina Sato e o diretor Rodrigo Carelli alimentaram a notícia que havia sido divulgada com a suposta traição. "Vocês vão ter de assistir para saber". Usaram a reta final do "Power Couple" para vazar imagens muito bem editadas.

No fim da "Ilha" no último sábado, a Record interrompeu o episódio, como se fosse uma novela, minutos antes do polêmico edredom acontecer. Ontem, no intervalo de "Topíssima", o assunto voltou a tona com a chamada falando sobre o que teria acontecido entre os dois.

Para quem não viu, Pyong, em mais de uma oportunidade, falou que era casado e não iria trair Sammy Lee. E a Record mostrou como é possível surfar a onda dos vazamentos de informações em programas gravados, uma aula para o "No Limite".

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL