PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Volkanovski responde provocações de Cejudo e McGregor e minimiza possíveis lutas

Ag. Fight

Ag. Fight

28/09/2021 10h49

Alexander Volkanovski foi um dos destaques do UFC 266. No evento realizado no último sábado (25), em Las Vegas (EUA), o campeão do peso-pena (66 kg) defendeu seu cinturão pela segunda vez ao superar Brian Ortega em uma intensa batalha que agradou a comunidade do MMA, porém, imediatamente, seu sucesso incomodou Conor McGregor e Henry Cejudo. Após ser provocado pela dupla, o australiano respondeu.

Ao participar do programa 'The MMA Hour', Volkanovski questionou se, de fato, Cejudo e McGregor possuem intenção de enfrentá-lo no octógono. Como de costume, 'Triple C' expressou seu interesse em medir forças com o campeão do peso-pena do UFC, pediu a luta para Dana White e classificou o australiano como mediano, enquanto 'Notorious' zombou da aparência de 'The Great' e afirmou que o venceria de forma tranquila.

Sendo assim, o profissional indicou que os ataques feitos pelos ex-campeões do UFC indicam que está no caminho certo no MMA. Após o UFC 266, Volkanovski se mostrou aberto a calar os rivais de uma vez por todas e deu a entender que aceitaria enfrentá-los, mas tudo indica que mudou de ideia, uma vez que o peso-pena, divisão que domina, possui diversidade de atletas de alto nível em busca da chance de disputar o título.

"Todos estavam assistindo e gostaram da luta. McGregor vai dizer o que quiser. Uma vez que alguém tem um pouco de brilho, ele geralmente tenta roubá-lo, dizendo algo, então acho que é uma coisa boa. Cejudo sempre fala sobre todos. Veremos o que eles vão fazer, mas aposto que isso não vai acontecer. Acho que Dana White nem atende suas ligações. É por isso que ele vai continuar desafiando os lutadores, mas nada está no papel, porque acho que eles não o levam a sério", declarou o campeão do UFC, antes de completar.

"É claro que ele não merece. Eu o respeito, porque ele fez grandes coisas em suas categorias, mas este é o peso-pena. Há um assassino totalmente diferente, especialmente, por ele ser um mosca. Temos vários assassinos, então por que ele deveria simplesmente dar um passo na frente deles? Isso não seria justo. Você precisa ganhar o seu caminho até o topo. É por isso que devo dar crédito a Holloway. Ele poderia ter conseguido a trilogia, mas quis lutar com Yair para ganhar a posição de desafiante número um. Você ganha meu respeito por fazer coisas assim, porque é isso que eu faço", concluiu.

Alexander Volkanovski, de 31 anos, protagonizou uma trajetória impressionante para se tornar campeão do peso-pena do UFC. 'The Great' estreou pela organização em 2016, realizou dez lutas e venceu todas. Apesar do reinado do australiano na divisão ser recente, ele possui triunfos expressivos sobre Brian Ortega, Chad Mendes, José Aldo e Max Holloway (duas vezes) e já disputa o status de melhor lutador da história da categoria.

Esporte