PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Leclerc fica com a pole em Mônaco após acidente no fim; Verstappen em 4º

Charles Leclerc, da Ferrari, durante a sessão classificatória para o GP de Mônaco - Ferrari
Charles Leclerc, da Ferrari, durante a sessão classificatória para o GP de Mônaco Imagem: Ferrari

Do UOL, em São Paulo

28/05/2022 12h09

Charles Leclerc, da Ferrari, vai largar na pole position no GP de Mônaco da Fórmula 1. Correndo em casa, o monegasco anotou o melhor tempo, hoje, no treino classificatório no circuito de rua de Monte-Carlo com 1min11s376.

Na reta final do Q3, Sergio Pérez, da Red Bull, rodou e bateu sozinho. Carlos Sainz, da Ferrari, vinha atrás, não conseguiu evitar a colisão e acabou acertando o carro do mexicano.

Melhor para Leclerc, que ficou com a pole já que o treino terminou com bandeira vermelha, e pior para Max Verstappen, da Red Bull, que vinha baixando seu próprio tempo, mas se viu "preso" atrás dos dois carros batidos — Leclerc também vinha baixando seu próprio tempo no primeiro setor no momento do acidente.

Sainz larga em segundo (1min11s601), seguido por Pérez (1min11s629). Verstappen sai em quarto (1min11s666). Lewis Hamilton, da Mercedes, é o oitavo (1mn12s560).

Leclerc vinha soberano em Mônaco após liderar, ontem, os dois primeiros treinos livres. Hoje mais cedo, ele viu Pérez ser o mais rápido no terceiro treino, o último antes do classificatório.

A largada para o GP de Mônaco é às 10h (de Brasília) de amanhã.

Q1: Dobradinha da Ferrari

A Ferrari abriu o Q1 com dobradinha - Leclerc em primeiro, seguido por Sainz. Destaque para Russell, terceiro mais rápido.

A 2min25s para o final do Q1, Tsunoda tocou a roda no guard rail, mas conseguiu retornar aos boxes. Mesmo assim, o treino foi interrompido com bandeira vermelha. Pouco depois, a sessão retomou com a bandeira verde. Foi o tempo dos pilotos tentarem mais uma volta rápida. Hamilton não conseguiu abrir a volta e quase ficou de fora do Q2.

Foram eliminados no Q1: Albon, Gasly, Stroll, Latifi e Zhou.

Q2: Leclerc soberano; Ricciardo fora

Assim como no Q1, Leclerc também foi o mais rápido no Q2 e se tornou o primeiro a anotar um tempo na casa de 1min11s. Destaque também para Sebastian Vettel, que colocou a Aston Martin no Q3.

Já Daniel Ricciardo, que bateu ontem no treino livre, foi apenas o 14º e viu seu companheiro de McLaren, Lando Norris, ser o quinto.

Foram eliminados no Q2: Tsunoda, Bottas, Magnussen, Ricciardo e Mick Schumacher.

Q3: Treino termina após batida de Pérez e Sainz

Leclerc assumiu a ponta logo no início do Q3, seguido novamente por Sainz. As duas Ferraris não foram páreas para as Red Bulls.

Já nos segundos finais, Pérez errou e acabou batendo. Sainz não viu a Red Bull parada na pista e acertou o carro do mexicano, o que fez o treino ser finalizado com bandeira vermelha.

Azar também de Hamilton, que não teve chance de melhorar seu tempo.

Veja o grid de largada do GP de Mônaco:

Fórmula 1