PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com veto do Real, técnico fala em Vinicius Jr. fora do Sul-Americano Sub-20

Mourão Panda/O Fotográfico/Estadão Conteúdo
Imagem: Mourão Panda/O Fotográfico/Estadão Conteúdo

16/11/2018 09h54

O técnico da seleção sub-20 do Brasil, Carlos Amadeu, disse que é quase certa a ausência de Vinicius Júnior no Sul-Americano da categoria, que será realizado em janeiro de 2019.

Em entrevista após o empate por 0 a 0 contra a Colômbia em Belo Horizonte, o treinador disse que o Real Madrid já informou que vetou a ida do jogador, que segundo ele ainda insiste na liberação. A competição não é realizada em uma data Fifa e, por isso, os clubes não são obrigados a liberar os jogadores.

"O Vinicius, a gente já tem a certeza que não vai para o Sul-Americano, mas há a promessa do Real Madrid de ele ir para o Mundial, caso nos classifiquemos. A vontade dos jogadores é muito clara. É de estar aqui na seleção o tempo todo. Estão conversando com os clubes, trabalhando com a direção. O próprio Vinicius não esgotou as tentativas. Estou dizendo porque estive lá, conversei com eles, me passaram isso. Mas o Vinicius me disse: 'Professor, vou insistir'", declarou o treinador.

Leia também:

Assim, o treinador acredita que possa contar com Vinicius Júnior no Mundial, caso o Brasil se classifique. Os quatro primeiros colocados do Sul-Americano garantem vaga.

Segundo Amadeu, a CBF tenta manter uma boa relação com os clubes europeus para ter os melhores jogadores em todas as convocações. Mas o resultado nem sempre é o esperado.

"Convocamos até 50 atletas agora (durante a preparação para o torneio) justamente porque não temos a certeza de quais são os atletas que estarão com a gente no Sul-Americano. Estamos construindo relações aqui no Brasil, com os clubes, e também com os clubes de fora. Alguns a gente já tem uma resposta positiva para o Sul-Americano, outros já uma negativa, mas um 'sim' para o Mundial. Outros a gente vai visitar agora para bater o martelo se vão ou não", afirmou Amadeu.

O técnico explicou ainda por que convocou Vinicius Júnior para amistosos da seleção Sub-20 contra a Colômbia (os times se enfrentam novamente na terça-feira, em Goiânia) se não contará com o ex-atacante do Flamengo no Sul-Americano. Amadeu já pensa no Mundial da Polônia.

"Tivemos seis períodos de convocação até agora, agora temos a preparação final. Nos seis períodos, procurei incluir todos os jogadores que têm condições de disputar o Sul-Americano e também o Mundial. Estou convicto que vamos buscar a classificação para o Mundial. Tenho que pensar num plano macro. Tenho uma meta aqui, mas tenho o objetivo do Mundial. Tenho que procurar inserir todos os atletas", afirmou.

Não é apenas Vinicius Júnior que atua no futebol europeu. Outros sete jogadores da última convocação estão no Velho Continente: Rodrigo Guth (Atalanta), o lateral direito Vitinho (Cercle Brugge-BEL), os meias Marcos Bahia (Estoril-POR) e Mauro Junior (PSV), e os atacantes Marquinhos Cipriano (Shakhtar Donetsk), Paulinho (Bayer Leverkusen) e Matheus Cunha (RB Leipzig).

O Brasil estreia no Sul-Americano no dia 18 de janeiro, diante da Colômbia. O grupo da seleção tem ainda Venezuela, Chile e Bolívia, e os três melhores disputam o hexagonal final. Os quatro primeiros garantem vaga para o Mundial.

Esporte