PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fulham promove estreia de jogador de 15 anos e causa polêmica

26/09/2018 09h33

Horas antes do início entre Fulham e Millwall, pela Copa da Liga Inglesa, Harvey Elliot fazia uma prova em sua escola. Pouco depois, fazia sua estreia pelo clube londrino e se tornava o jogador mais jovem da história do Fulham a disputar uma partida oficial, com apenas 15 anos. Sua estreia, porém, causou polêmica.

A 'BBC' ressaltou que Elliot não tem idade para ter um contrato profissional, tendo em vista que isso só pode ser firmado com um atleta acima de 16 anos e relembrou que Elliot já tinha estreado com a camisa do Fulham, em um amistoso na Espanha, o que fez com que o jogador tivesse que faltar aulas.

Nas redes sociais, o Fulham não foi poupado de críticas. Alguns usuários do Twitter, por exemplo, criticaram a estreia precoce do jogador, ressaltando que o lugar "mais lógico" para Elliot estar não era dentro de um campo de futebol, mas sim, em uma sala de aula. O Fulham, por sua vez, comemorou o fato do jogador estar no banco para a partida.

Elliot nasceu em 2003 e tinha apenas dois meses de idade quando Wayne Rooney fazia sua estreia com a Inglaterra, segundo o 'Marca'. É o primeiro jogador com 15 anos a jogar pelo Fulham. Matthew Briggs, com 16 anos e 65 dias, fez sua estreia em 2007 e era o recordista. Atualmente, Briggs está sem clube.

O jovem jogador do Fulham fez sua estreia, aos 36 minutos do segundo tempo e o clube londrino já vencia por 3 a 1, com gols de Bryan, De La Torre e Christie. Promissor, o jovem de 15 anos já foi cobiçado por clubes como Barcelona, Chelsea, Borussia Dortmund e Manchester City.

Esporte