PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jailson e Michel Bastos treinam com o grupo e ficam perto do retorno

Ale Cabral/AGIF
Imagem: Ale Cabral/AGIF

28/09/2017 18h14

A maior parte do treino desta quinta-feira do Palmeiras foi fechada à imprensa. Quando os jornalistas tiveram acesso, os jogadores já estavam preparando-se para ir a vestiário. Jailson e Michel Bastos estavam entre os que ainda trabalhavam, e devem ficar à disposição novamente em breve.

O goleiro já está recuperado da lesão rara que sofreu no quadril, dia 9 de agosto. Nesta tarde, ele ficou até o fim no gramado, e participou até do treino de finalizações. Havia a expectativa no clube de liberar o camisa 14 justamente na semana que antecede ao clássico deste sábado contra o Santos.

Já Michel Bastos perdeu os últimos três jogos por conta de uma infecção na pele, chamada de erisipela. Mesmo se estiver à disposição neste fim de semana, o camisa 15 ficará no máximo no banco de reservas. Isto porque Zé Roberto é o favorito para substituir Egídio, suspenso.

A parte aberta da atividade não deu pistas sobre a escalação, mas a tendência é de que Luan entre no lugar de Edu Dracena, também suspenso. O restante da equipe deve ser a que bateu o Fluminense: Fernando Prass; Mayke, Luan, Juninho e Zé Roberto; Jean, Tchê Tchê e Moisés; Dudu, Willian e Deyverson.

Sem perder há quatro partidas, o Palmeiras é o quarto colocado com 43 pontos, a um ponto do Santos, vice-líder e próximo adversário. A distância para o Corinthians, líder, é de 11 pontos. O clássico está marcado para as 19h de sábado, no Allianz Parque, pela 26ª rodada do Brasileirão.

Esporte