UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/12/13/venda-de-bebidas-alcoolicas-so-vale-para-copa-diz-relator-na-camara.htm
  • Venda de bebidas alcoólicas só vale para Copa, diz relator na Câmara
  • 25/01/2020
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
13/12/2011 - 16h31

Venda de bebidas alcoólicas só vale para Copa, diz relator na Câmara

Maurício Savarese
Do UOL Notícias
Em Brasília
  • Vicente Cândido é relator de uma lei em São Paulo para permitir a venda de bebidas em estádios

    Vicente Cândido é relator de uma lei em São Paulo para permitir a venda de bebidas em estádios

O relatório do deputado Vicente Cândido (PT-SP) sobre a Lei Geral da Copa sofreu uma alteração antes da apresentação nesta terça-feira (13) em uma comissão da Câmara, permitindo a venda de bebidas alcoólicas apenas durante o período do Mundial. Antes, o texto propunha a mudança do Estatuto do Torcedor e tornava permanente a autorização. A reunião foi suspensa pelo menos até a próxima quinta-feira (15).

Além da mudança para as bebidas alcoólicas, Cândido retirou os idosos do grupo que poderá comprar ingressos mais baratos, na faixa de R$ 50. Apenas estudantes, indígenas e beneficiários de programas de distribuição de renda poderão comprar os cerca de 300 mil ingressos por um preço menor que a média. A expectativa dos parlamentares é de que as alterações sejam definidas pela comissão na manhã de quinta-feira para o texto ser votado no plenário à tarde.

Cândido afirmou que as mudanças se deram “por questões de discussão democrática”, mesmo sendo ele o autor de uma lei em São Paulo para permitir a venda de bebidas em estádios. Se aprovado, o texto desagradará ao Corinthians, que esperava a autorização de bebidas para criar uma estrutura para estimular o consumo na sua futura casa.

A Fifa exige a permissão de venda de bebidas alcoólicas em estádios da Copa do Mundo, uma vez que tem marcas cervejeiras entre seus principais patrocinadores. Cândido propôs em seu texto a mudança do calendário escolar para 2014, permitindo que os alunos comecem o ano letivo mais cedo e ampliem as férias de julho – período durante o qual se realizará o Mundial.

Placar UOL no iPhone