PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Em livro, Button revela que milionário assediou sua ex-mulher em jantar

Jenson Button e Jessica Michibata após o classificatório para o GP de Mônaco de 2013 - Claude Paris/AP
Jenson Button e Jessica Michibata após o classificatório para o GP de Mônaco de 2013 Imagem: Claude Paris/AP

Do UOL, em São Paulo

19/10/2017 12h29

Em episódio relatado em sua autobiografia, Jenson Button afirmou que o empresário Richard Branson, um dos homens mais ricos do mundo, assediou Jessica Michibata, ex-exposa do piloto reserva da McLaren. O livro, intitulado "A vida no limite”, acaba de ser publicado.

Segundo Button, o incidente aconteceu no fim de semana do Grande Prêmio da Austrália de 2009. Button e a modelo japonesa foram jantar com amigos em um restaurante. Quando o piloto estava ausente, Branson abordou de Michibata e tentou assediá-la.

"O magnata, bêbado, aproximou-se da mesa e sentou-se ao lado de Jessica. 'Pare de me olhar', disse Branson, sem que a modelo entendesse nada", relata a autobiografia.

Quando Button voltou, Branson estava com a mão no rosto de Michibata. O piloto interveio, e o empresário deixou a mesa sem falar nada.

Branson é proprietário do Virgin Group, que teve uma escuderia de Fórmula 1 entre 2010 e 2011.

Fórmula 1