PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Massa planeja despedida "de fininho" e vê decisão sobre futuro em setembro

Felipe Massa, da Williams, dá entrevistas  - Dan Mullan/Getty Images
Felipe Massa, da Williams, dá entrevistas Imagem: Dan Mullan/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Monza (ITA)

31/08/2017 10h41

A quinta-feira anterior ao GP da Itália do ano passado foi ao mesmo tempo estressante e emocionante para Felipe Massa. Afinal, foi o dia escolhido para o anúncio de uma aposentadoria da F-1 que acabou não se confirmando, e o início de uma série de homenagens, que culminaram com a despedida da torcida no GP do Brasil e a última corrida em Abu Dhabi.

Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte, Massa relembrou sua despedida “original” e afirmou que, quando realmente chegar a hora de encerrar a carreira na categoria, depois de tantas homenagens, promete sair “de fininho”.

“Foi um dia muito estressante por um lado porque era algo que eu nunca tinha feito e depois acho que foi uma emoção muito grande olhar toda a minha família, as pessoas que fizeram parte da minha carreira, tanto na Williams, quanto em outras equipes, e até os jornalistas que me seguiram por muito tempo - falando bem ou mal, mas faz parte. Foi uma sensação muito diferente do que eu estou acostumado”, relembrou o brasileiro.

“Mas tudo mudou, estou aqui de novo, e vou encarar esse final de semana de forma normal e tentar fazer o melhor.”

“Não igual aquela. Já passei por emoções suficientes ano passado pelo encerramento da minha carreira na F-1. Acho que agora eu prefiro sair de fininho. Já tive tudo o que deveria, todo o carinho que as pessoas passaram para mim no Brasil e Abu Dhabi. O que tiver de acontecer, vai acontecer. Lógico que serei sincero com as pessoas, como sempre fui, mas não precisa ter uma despedida tão grande.”

Sobre seu futuro, Massa diz esperar uma decisão da Williams nas próximas semanas.

“Não tem necessidade da equipe esperar muito tempo para entender qual o caminho que eles querem escolher para o ano que vem. Até porque, quanto mais você demora, menos opções você tem. Este mês de setembro deve ser importante para isso.”

Nas últimas semanas, vários pilotos foram ligados à vaga de Massa. Fernando Alonso recebeu uma proposta da Williams, mas não aceitou, e especialmente após o acidente com Esteban Ocon no último final de semana, cresceram os rumores de que Sergio Perez poderia estar de saída da Force India. A continuidade de Massa, porém, segue como uma possibilidade.

“Vamos ver as opções que existem. No momento, estou aberto a estudar qualquer opção.”

Massa já deixou claro e voltou a afirmar nesta quinta-feira em Monza que seu futuro será na F-E caso não siga na F-1 ano que vem. “Mas ainda não sei por qual equipe”, disse o brasileiro.

Fórmula 1