PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Em situação delicada no campeonato, Hamilton começa na frente nos EUA

 Lars Baron/Getty Images
Imagem: Lars Baron/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

21/10/2016 14h29

O treino foi marcado ainda por mais um teste com o halo, proteção no cockpit que deve estrear na temporada 2018. Nos EUA, Valtteri Bottas, Daniil Kvyat e Esteban Ocon experimentaram a novidade, que será usada por Felipe Massa no México, de acordo com a Williams.

Em situação delicada no campeonato, com 33 pontos de desvantagem com quatro etapas para o final, Hamilton dominou a sessão inicial da 18ª etapa da temporada desde o início, quando as duas Mercedes já foram à pista com os pneus supermacios, os mais rápidos disponíveis neste final de semana.

A diferença entre o inglês e Rosberg, que usa um pneu novo neste final de semana, ficou entre três e quatro décimos por toda a sessão. Mesmo quando o alemão abriu 1s na ponto, com os pneus macios, o inglês deu o troco logo em seguida.

O duelo dos dois ficou bem distante dos demais pilotos, ainda que a Red Bull tenha surpreendido: com os pneus médios, foi o terceiro, ainda que quase 2s mais lento que o líder. Kimi Raikkonen foi o quaro e Nico Hulkenberg, que acabou de anunciar que trocará a Force India pela Renault ano que vem, o quinto.

Entre os brasileiros, Felipe Massa foi o 11º, bem atrás de Valtteri Bottas, que fechou em sexto, e Felipe Nasr foi quase um segundo mais rápido que Marcus Ericsson, em um bom 12º lugar.

Como a pista dos Estados Unidos não é muito usada ao longo do ano, o asfalto se mostrou bastante ‘verde’ e os pilotos tiveram algumas fritadas e escapadas de pista. Um deles foi Jolyon Palmer que, de quebra, ficou lento na pista e atrapalhou Sebastian Vettel, que reclamou do piloto da Renault. O fato do asfalto estar com pouco emborrachamento também fez com que os tempos melhorassem bastante ao longo da sessão.

Com isso, a expectativa é de que os tempos caiam bastante quando os pilotos voltarem à pista de Austin ainda hoje para a segunda sessão de treinos livres, a partir das 17h pelo horário de Brasília. A terceira sessão de treinos livres será às 13h do sábado e a classificação, às 16h. A largada será às 17h do domingo. 

Confira os resultados do 1º treino livre do GP dos EUA

1. Lewis Hamilton ING Mercedes-Mercedes 1m 37.428s
2. Nico Rosberg ALE Mercedes-Mercedes 1m 37.743s
3. Max Verstappen HOL Red Bull-TAG 1m 39.379s
4. Kimi Raikkonen FIN Ferrari-Ferrari 1m 39.407s
5. Nico Hulkenberg ALE Force India-Mercedes 1m 39.712s
6. Valtteri Bottas FIN Williams-Mercedes 1m 39.776s
7. Daniel Ricciardo AUS Red Bull-TAG 1m 39.963s
8. Sebastian Vettel ALE Ferrari-Ferrari 1m 39.988s
9. Daniil Kvyat RUS Toro Rosso-Ferrari 1m 40.131s
10. Carlos Sainz Jr ESP Toro Rosso-Ferrari 1m 40.140s
11. Felipe Massa BRA Williams-Mercedes 1m 40.191s
12. Felipe Nasr BRA Sauber-Ferrari 1m 40.287s
13. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda 1m 40.362s
14. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari 1m 40.826s
15. Esteban Gutierrez MEX Haas-Ferrari 1m 40.970s
16. Marcus Ericsson SUE Sauber-Ferrari 1m 41.170s
17. Alfonso Celis MEX Force India-Mercedes 1m 41.422s
18. Jenson Button ING McLaren-Honda 1m 41.663s
19. Kevin Magnussen DIN Renault-Renault 1m 41.942s
20. Jordan King ING Manor-Mercedes 1m 42.021s
21. Jolyon Palmer ING Renault-Renault 1m 42.332s
22. Esteban Ocon FRA Manor-Mercedes 1m 42.874s

Fórmula 1