Topo

Carros


Carros

Mal chegou ao Brasil, Citroën C4 Cactus vai sair de linha na Europa

Citroën C4 Cactus tem motores 1.6 aspirado e turbo no Brasil; preços sugeridos começam em R$ 69.990 - Murilo Góes/UOL
Citroën C4 Cactus tem motores 1.6 aspirado e turbo no Brasil; preços sugeridos começam em R$ 69.990
Imagem: Murilo Góes/UOL

DO UOL, em São Paulo (SP)

25/06/2019 10h28Atualizada em 26/06/2019 08h43

Resumo da notícia

  • De acordo com executivo, SUV não terá nova geração no mercado europeu
  • C4 Cactus é considerado hatch aventureiro na Europa
  • Lançado em 2015 na Europa, modelo foi reestilizado em 2017
  • Modelo é automóvel mais vendido da Citroën no Brasil

Lançado no Brasil no fim de outubro do ano passado, o Citroën C4 Cactus não terá nova geração na Europa, onde estreou em 2015. A despedida próxima do modelo, vendido como hatch médio aventureiro naquele mercado, foi confirmada ao site britânico "Top Gear" por Xavier Peugeot, chefe de produto da marca francesa.

"Hoje esse carro é a nossa oferta no segmento de hatches médios. Nosso próximo modelo nessa categoria vai substituir o C4 Cactus. Será o fim do Cactus. Quanto ao nome, não sei ainda, mas, quanto ao carro, sim", cravou o executivo. Portanto, não está claro se o nome Cactus será usado no sucessor do modelo atual.

O C4 Cactus europeu é produzido sobre a mesma plataforma do Peugeot 308 vendido naquele continente -- hatch médio que saiu de linha no Brasil no começo deste ano. Fabricado na Argentina, o 308 "brasileiro" era da geração anterior à do carro vendido na Europa, com um facelift.

Aqui, o C4 Cactus hoje é o carro de passeio mais vendido da Citroën e, de acordo com a própria fabricante, chegou para ser o "lançamento mais importante" da marca no ano passado, com a missão de dobrar as vendas da empresa em 2019.

Produzido na fábrica de Porto Real (RJ), teve 6.600 unidades comercializadas no país de janeiro a maio deste ano, ocupando a 39ª posição no ranking geral de automóveis e o décimo lugar entre os SUVs. Hoje, a Citroën é a 11ª marca em vendas de carros de passeio no Brasil, com 1,20% de participação no acumulado do ano.

A assessoria de imprensa do Grupo PSA (responsável pelas marcas Peugeot e Citroën) do Brasil afirmou que "seria completamente prematuro discutir a descontinuidade de um projeto que revolucionou o seu segmento no mercado nacional" e frisou que "o modelo latino-americano é inteiramente independente da versão comercializada na Europa e, portanto, seguem trajetórias diferentes". A fabricante conclui assegurando que o C4 Cactus "terá vida longa na região".

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Mais Carros