Topo

Advogada de Day vai à Fazenda: 'Em casos assim, a vítima demora a entender'

A modelo Dayane Mello durante A Fazenda, da Record Imagem: Reprodução/Playplus

Mariana Gonzalez

De Universa, em São Paulo

25/09/2021 15h46

A equipe jurídica da modelo Dayane Mello, que está confinada no reality "A Fazenda", da Record, tenta contato com ela desde o início da manhã de hoje. O objetivo é prestar apoio psicológico e jurídico, desde que um vídeo em que ela aparece com Nego do Borel durante a madrugada passou a circular nas redes sociais.

Nas imagens, a modelo, visivelmente alcoolizada, pede que o cantor, deitado ao lado dela sob o edredom, "pare com isso". O termo "estupro na Record" se tornou um dos mais comentados no Twitter. Desde então, parte do público pede a expulsão do funkeiro do programa, alegando que ele teria cometido estupro, já que praticar ato sexual contra uma pessoa embriagada configura crime.

Segundo a equipe de Dayane, a Record está dificultando o acesso à modelo. Eles pretendem convencê-la a deixar o programa.

"Queremos o contato com a Dayane para que possamos ouvi-la, orientá-la e saber como está o seu bem-estar físico e psicológico. Não podemos, de forma alguma, permitir que alguém a faça sentir culpada pelo ocorrido. Em casos como este, a vítima demora a entender o que aconteceu. Por isso, é importante que ela tenha acesso à família, à equipe jurídica e a apoio psicológico", afirma Vanessa Tomaz, advogada da equipe jurídica da Dayane.

Nas redes sociais, a equipe afirmou que Dayane estava "completamente inconsciente e sem nenhuma faculdade de suas ações". À reportagem de Universa, disseram ainda que "o ocorrido extrapola qualquer cláusula contratual, protocolo ou regra criada pelo programa" e que, depois dos acontecimentos da madrugada de hoje, "a integridade dela está em jogo".

A polícia e advogados da modelo estão no local.

Imagem: Reproduçaõ/Playplus

Equipe pede expulsão de Nego do Borel

A equipe de Dayane disse, ainda, que pede a expulsão de Nego do Borel do reality há uma semana, desde que ele a assediou pela primeira vez, mas que não teve retorno do canal.

No último dia 18, o cantor, que chegou a trocar selinho com a modelo durante a primeira festa do programa, teve o pedido de um beijo negado e, ao se deitar ao lado dela, tentou novamente abraçá-la. Dayane se mostrou incomodada. Na ocasião, "assédio na Record" também, figurou entre os termos mais comentados no Twitter.

"Desde o evento ocorrido no final de semana anterior, estamos exigindo um parecer da emissora, que sequer nos retornou. Foi preciso chegar às vias de fato para que nos dessem ouvidos", diz Vanessa Tomaz. "Nós exigimos a expulsão do participante Nego do Borel, pela segurança dela e para que a lei seja cumprida."

Segundo a advogada, a família está muito abalada. "Estão todos inconformados, querendo justiça, mas se sentindo impotentes. Eles querem muito que Dayane saiba que tem apoio."

Record diz apenas que 'os fatos estão sendo apurados'

A emissora publicou hoje, nas redes sociais, que está apurando os fatos. A emissora reforçou que uma equipe multidisciplinar está analisando o ocorrido e que haverá um pronunciamento no programa de hoje à noite, ao vivo.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Advogada de Day vai à Fazenda: 'Em casos assim, a vítima demora a entender' - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL


Violência contra a mulher