PUBLICIDADE
Topo

PayPal vê queda na receita com surto de coronavírus

27/02/2020 15h25

Por C Nivedita

(Reuters) - A processadora de pagamentos PayPal disse nesta quinta-feira esperar que a receita do primeiro trimestre fique no piso de sua previsão, conforme as transações online foram atingidas globalmente pelo surto de coronavírus.

Várias empresas, incluindo Apple, Mastercard e American Airlines, têm alertado para o impacto da epidemia na cadeia de fornecimento e no setor de viagens global, além de provocar paralisações temporárias em empresas.

O PayPal, que obtém quase metade de sua receita de operações internacionais, previu em janeiro que a receita no primeiro trimestre será de 4,78 bilhões a 4,84 bilhões de dólares.

"Atualmente, estimamos que o impacto negativo do Covid-19 seja uma redução aproximada de um ponto percentual para o crescimento da receita anual do PayPal no primeiro trimestre", informou a empresa.

Mas o PayPal disse que o impacto negativo do vírus foi parcialmente compensado pela força em seus negócios diversificados, que incluem suas operações domésticas.

A empresa reafirmou seu lucro ajustado no primeiro trimestre, de 0,76 dólar a 0,78 dólar por ação. Analistas esperavam lucro de 0,78 dólar por ação e receita de 4,83 bilhões de dólares.

Tilt