PUBLICIDADE
Topo

Google quer criar um design menos "high-tech" para seus óculos futuristas, diz jornal

27.jun.2013 - Sergey Brin, cofundador do Google, usa o Glass, durante anúncio da novidade nos EUA - Paul Sakuma/AP
27.jun.2013 - Sergey Brin, cofundador do Google, usa o Glass, durante anúncio da novidade nos EUA Imagem: Paul Sakuma/AP

Do UOL, em São Paulo

21/02/2013 14h05

Após impressionar o mercado ao apresentar o Glass, dispositivo parecido com óculos capaz de transmitir imagens em tempo real, o Google planeja mudar o visual do gadget para torná-lo mais fashion e menos “high-tech”. As informações são do “The New York Times”.

Segundo o jornal, o Google estaria em contato com a Warby Parker, loja online de óculos conhecidos pelo estilo arrojado, para que o Glass tenha um “toque de estilo”. A parceria, no entanto, ainda não foi oficializada.

Na última quarta, o Google começou a cadastrar voluntários nos Estados Unidos para experimentar e aperfeiçoar o Glass.

"Estamos buscando indivíduos criativos que queiram se unir a nós e ajudar a dar forma ao futuro do Glass. Nos encantaria transformar todo o mundo em um explorador, mas vamos começar com objetivos menores. Estamos ainda nas fases iniciais, e embora não podemos prometer que tudo será perfeito, podemos prometer que será excitante", disse a companhia por meio de um comunicado.

A intenção da empresa é avançar, desta forma, no desenvolvimento de uma possível versão comercial para o consumidor final.

Projeto antigo

O projeto do Google Glass começou há dois anos. Todos os componentes eletrônicos foram colocados todos de um lado só do dispositivo, criando um design assimétrico que, no entanto, permite vários formatos de armação para os óculos. O Glass também é leve, interferindo pouco no peso final do conjunto.

Os óculos são capazes de transmitir vídeo ao vivo, com áudio (tem um pequeno microfone embutido), além de ter um pequeno alto-falante, para que a pessoa possa se comunicar com os outros. Ele vem ainda com sensores como giroscópio, acelerômetro e bússola.

O objetivo, explica o Google, é que as pessoas possam transmitir informações muito rápido. Com um toque no Glass o usuário pode tirar uma foto, enviá-la para o Google Plus, além de participar de hang outs (videoconferências na rede social) usando o dispositivo portátil.

Vídeo do Google mostra funcionamento do Glass