PUBLICIDADE
Topo

Jovem de 19 anos é presa nos EUA após revelar no Youtube roubo a banco

Hannah Sabata, 19, durante ação da polícia. Ela foi detida e pode pegar até 70 anos de prisão - Reprodução/York News Times
Hannah Sabata, 19, durante ação da polícia. Ela foi detida e pode pegar até 70 anos de prisão Imagem: Reprodução/York News Times

Do UOL, em São Paulo

04/12/2012 16h10

O vídeo que Hannah Sabata, 19, postou no YouTube no dia 28 de novembro poderia ser uma brincadeira. No arquivo com quase oito minutos, ela conta que roubou um carro e um banco, mostrando uma pilha de dinheiro que somaria US$ 6.256 (cerca de R$ 13.240) – tudo com músicas da banda Green Day de fundo. Não se trata de uma brincadeira, mas sim de uma confissão: no dia 29 do mês passado, a polícia do condado de York (Nebraska) deteve a jovem que havia mesmo praticado os crimes sobre os quais falava no YouTube.

A jovem aguarda na prisão de York uma audiência para seu caso, segundo a publicação local “York News Times”, que divulgou as fotos da ação da polícia. Ela responderá por roubo e também pelo furto de um veículo, que somam pena máxima de 70 anos.

O vídeo de Hannah (assista ao lado; em inglês), que será usado como evidência, é bastante estranho. Ela não fala, apenas escreve em folhas de papel e se expressa com o uso de legendas (escritas com diferentes cores e tipos de letras). A descrição do arquivo diz: “Acabei de roubar um banco. Agora sou rica, posso pagar o financiamento da faculdade e amanhã vou comprar muito”. Depois, ela afirma amar a banda Green Day. Em um cenário que parece ser seu quarto, ela também diz ter contado para a mãe que aquele foi o melhor dia de sua vida. “Ela acha que eu conheci um cara novo”, ironiza.  

Para justificar os roubos, Hannah usa caras e bocas e se diz uma vítima do governo: “Todo o sistema é um jogo”. Em seguida, ela se mostra preocupada com a perda de sua caneta e volta ao assunto, dizendo que o governo roubou seu bebê. “Levaram [o bebê] antes que eu pudesse trazê-lo para casa. E me acusaram de negligência”, afirma a jovem.

Segundo o “York News Times”, no dia 28 a polícia divulgou fotos da mulher suspeita de roubar um banco no condado de Waco. Em seguida, o delegado Dale Radcliff, de York, passou a receber denúncias de que aquela seria Hannah Sabata, de Stromsburg. No dia anterior, a polícia já havia encontrado em Stromsburg um carro roubado, sem a placa (no vídeo, a jovem diz tê-la removido). Perto do automóvel havia um bracelete com as palavras “I love Hannah” (eu amo Hannah).

A polícia foi então até a casa da jovem e a deteve. Segundo o delegado, as roupas que ela usava em casa eram as mesmas da gravação de segurança no banco (e provavelmente as mesmas do vídeo do YouTube, apesar de o conteúdo ser preto e branco). A polícia diz ter recuperado quase todo o dinheiro: ficaram faltando apenas US$ 30 (cerca de R$ 60) do total que a jovem afirmou ter roubado do banco Cornerstone. 

Ainda de acordo com o “York News Times”, a jovem usou um bilhete para roubar a caixa. “Você está sendo roubado. Nada de alarmes ou travas ou telefones. Tenho uma arma carregada. Você tem dois minutos”, teria escrito. Depois do roubo, ela teria ainda enviado uma mensagem de texto dizendo haver mais de US$ 6.000 no caixa. Não há informações de como Hannah roubou o carro, um modelo Pontiac Grand Am.