PUBLICIDADE
Topo

Cachorro com vasilha presa à cabeça é salvo graças à mobilização no Facebook

Cachorro abandonado em Memphis (EUA) foi salvo de vasilhame na cabeça após comoção no Facebook - Beth Gresham/Reprodução Facebook
Cachorro abandonado em Memphis (EUA) foi salvo de vasilhame na cabeça após comoção no Facebook Imagem: Beth Gresham/Reprodução Facebook

Do UOL, em São Paulo

07/06/2012 15h44

Um cachorro abandonado com uma espécie de vasilha plástica presa à cabeça foi salvo graças a uma mobilização que começou no Facebook. O recipiente envolvia toda a cabeça do cachorro, que vagava por Memphis (nos Estados Unidos), de modo que ele não conseguia comer, beber e ainda tinha dificuldades para respirar.

A mobilização no Facebook ocorreu após Beth-Andy Kohn Gresham ter tirado uma foto do cachorro e postado em seu perfil no Facebook na última sexta-feira. Na postagem, Beth ainda deu detalhes do local onde ela viu o cão. Apesar da publicação, ela própria tentou retirar o vasilhame da cabeça do cachorro, mas não conseguiu, pois ele ficou com medo e fugiu para a floresta.

No dia seguinte, dezenas de pessoas da cidade foram atrás do cachorro, que poderia apresentar algum problema de saúde – aliás, ele não conseguia comer ou beber. O cão foi achado em uma estrada e a equipe de pessoas logo removeu a vasilha da cabeça dele.

“Se outro cachorro viesse e tentasse atacá-lo, ele não poderia fazer nada”, disse Jess McClain, um dos membros da equipe de resgate do cachorro, à reportagem da CBS, canal de TV americano. 

  • Whitney Wilder-McClain/Reprodução Facebook

    Imagem do cachorro após grupo de resgate ter retirado a vasilha da cabeça dele

Ninguém conseguiu identificar se alguém colocou a vasilha na cabeça do cachorro ou se ele, ao tentar procurar comida, acabou com a cabeça presa no recipiente.

Após o ocorrido, o cachorro abandonado, que até então não tinha nome, passou a ser chamado de Miracle (milagre, em inglês). (com agências internacionais)

Web já ajudou criança a receber rim e presidente a vencer eleições; veja outros casos
Veja Álbum de fotos