PUBLICIDADE
Topo

Filmes com histórias de pessoas negras são destaques em prêmio AFI de 2021

25/01/2021 19h07

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES (Reuters) - O Instituto Norte-Americano de Filmes (AFI, sigla em inglês) anunciou nesta segunda-feira os seus filmes do ano, com cinco dos dez mencionados apresentando histórias e elencos predominantemente não-brancos.

A lista anual, publicada antes das principais cerimônias de premiação de 2021, não é ranqueada, mas costuma ser uma das primeiras indicações de filmes com expectativa de irem bem no Oscar e no Globo de Ouro.

Ela inclui o drama do Vietnã de Spike Lee, “Destacamento Blood”, o último filme de Chadwick Boseman, “A Voz Suprema do Blues”, “Uma Noite em Miami”, sobre uma reunião em 1964 entre os ícones do movimento negro Cassius Clay, Sam Cooke, Malcolm X e Jim Brown, e uma história sobre os Panteras Negras, “Judas e o Messias Negro”.

“Minari”, a história de uma família imigrante coreana em busca do sonho americano na década de 1980, também está na lista, ao lado da animação “Soul”, com Jamie Foxx, “Os Sete de Chicago”, “Nomadland” e “Mank”.

A versão em filme do musical de hip-hop “Hamilton”, sobre os pais fundadores dos Estados Unidos, recebeu um prêmio especial.

Os prêmios AFI, escolhidos por um júri de cineastas, críticos e acadêmicos, celebra anualmente as equipes criativas de 10 filmes e séries de TV do último ano que consideram cultural e artisticamente representativas.

Os dez programas de televisão homenageados foram: “Better Call Saul”, “Bridgerton”, “The Crown”, “The Good Lord Bird”, “Lovecraft Country”, “O Mandalorian”, “Mrs. America”, “O Gambito da Rainha”, “Ted Lasso” e “Unorthodox”.

As indicações ao Globo de Ouro devem ser anunciadas na próxima semanas. As do Oscar estão marcadas para saírem em 15 de março.