Topo

Homem processa Gwyneth Paltrow após vela com cheiro de vagina explodir

Gwyneth Paltrow é processada após vela com cheiro de vagina explodir Imagem: Reprodução/Instagram@gwynethpaltrow

Colaboração para Splash, em São Paulo

19/10/2021 08h32Atualizada em 19/10/2021 12h50

A empresa Goop, da atriz Gwyneth Paltrow, está sendo processada por um homem chamado Colby Watson, que alega ter comprado da atriz uma vela com o cheiro de vagina e, segundo ele, o produto teria pegado fogo em cima de sua cabeceira.

Colby disse que comprou a vela em fevereiro e já havia acendido antes. Ele conta que a colocou em uma superfície nivelada e após três horas, a vela explodiu.

De acordo com o site norte-americano "TMZ", Watson alegou que a vela ficou acesa por pouco tempo antes de pegar fogo. Além disso, ele garantiu que leu o manual de instruções do produto - que dizia que o mesmo não pode ser queimado por mais de duas horas, mas os considerou "insuficientes".

Os documentos judiciais obtidos pelo veículo trazem a informação de que Colby ele está processando a empresa por violação da garantia e responsabilidade pelos produtos.

Ele pede uma indenização por danos superiores a US $ 5 milhões, o equivalente a R$ 27,6 milhões;

Ao "TMZ", um representante da Goop classificou a alegação de "frívola":

"Estamos confiantes de que essa alegação é frívola e uma tentativa de garantir um pagamento excessivo de um produto. Nós garantimos as marcas que carregamos e a segurança dos produtos que vendemos. Aqui, a Heretic - a marca que fornece a vela - comprovou o desempenho e a segurança do produto por meio de testes padrão da indústria", disse.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Homem processa Gwyneth Paltrow após vela com cheiro de vagina explodir - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL