PUBLICIDADE
Topo

Robert Hogan, ator de 'Law and Order' e 'The Wire', morre aos 87 anos

Robert Hogan morreu aos 87 anos nos Estados Unidos - Reprodução
Robert Hogan morreu aos 87 anos nos Estados Unidos Imagem: Reprodução

Colaboração para o Splash, em São Paulo

02/06/2021 09h15Atualizada em 02/06/2021 09h16

Robert Hogan, conhecido ator de TV e cinema nos Estados Unidos, morreu aos 87 anos após complicações de uma pneumonia. A informação foi confirmada por sua família e noticiada pelo "Daily Star".

O ator, que participou de dezenas de filmes, fez seu nome na televisão norte-americana ao participar de séries que se tornariam clássicas, como "M * A * S * H", "The Mary Tyler Moore Show", "O Homem de Seis Milhões de Dólares", entre outras. Também teve papéis de destaque em "Law and Order" e "The Wire", onde interpretou o aposentado Louis Sobotka.

Hogan morreu no dia 27 de maio, mas a informação só foi divulgada na noite de ontem (01). Ele vivia no estado do Maine com sua família, e sofria da doença de Alzheimer desde 2013. Antes de ser ator, ele esteve no Exército norte-americano e participou da Guerra da Coréia. Ao retornar para o país, decidiu trabalhar com engenharia, mas acabou enveredando pelo teatro.

Quentin Tarantino homenageou Hogan em seu último filme, "Era Uma Vez em Hollywood": Rick Dalton (Leonardo DiCaprio) aparece em uma cena elogiando o trabalho do ator em um episódio da série "FBI".

Hogan deixa a esposa, Mary, três filhos de um casamento anterior e dois netos. A família solicitou que doações em sua homenagem fossem feitas para instituições que cuidam de idosos em Nova York, e também para uma associação que cuida de doentes pela doença de Alzheimer.