PUBLICIDADE
Topo

Livro é devolvido a biblioteca na Grã-Bretanha com 57 anos de atraso

Homem segura o livro que foi devolvido à biblioteca após 57 anos de atraso - Middlesbrought Council
Homem segura o livro que foi devolvido à biblioteca após 57 anos de atraso Imagem: Middlesbrought Council

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/10/2020 13h26

Antes tarde do que nunca: 57 anos depois da data de vencimento do empréstimo, um antigo livro foi finalmente devolvido à Biblioteca Central de Middlesbrough, na Grã-Bretanha. O exemplar entregue com grande atraso é da antologia de poesia "The Buried Stream", do poeta britânico Geoffrey Faber.

O livro foi depositado na caixa de devolução da biblioteca na semana passada, mas deveria ser devolvido em dezembro de 1962. Calculada, a multa para a devolução tardia seria de mais de 500 libras esterlinas (cerca de R$ 3,6 mil).

Todavia, esse valor não foi aplicado, uma vez que as multas estão suspensas durante a pandemia da covid-19, de acordo com comunicado da Biblioteca Central de Middlesbrough.

A crise de saúde, portanto, foi a oportunidade perfeita para a devolução. O bibliotecário David Harrington agradeceu ao indivíduo misterioso responsável pela iniciativa. "Estamos muito gratos à pessoa anônima que nos devolveu este livro, pois será adicionado de volta ao nosso estoque e colocado na Biblioteca de Referência para as gerações futuras desfrutarem", comentou.

"Também pedimos a qualquer um de nossos clientes — do passado e do presente — que devolva todos os livros da biblioteca em atraso que possam ter, com a garantia de que não estamos cobrando multas no momento", completou.

A atitude de devolver antologia de poesia, ainda que com atraso, também chamou atenção da conselheira Mieka Smiles, que atua como membro executiva do Conselho de Middlesbrough para Comunidades e Educação. "Que ato adorável e de espírito público devolver este livro depois de tantos anos", elogiou.