PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Emerson encerra 'atrito' com Fred e diz que convocaria ex-parceiro para Copa América

Émerson pediu para a imprensa parar de fazer perguntas sobre Fred e o Fluminense  -
Émerson pediu para a imprensa parar de fazer perguntas sobre Fred e o Fluminense

Renan Prates

Em São Paulo

16/06/2011 18h16

O atacante Emerson Sheik tentou encerrar de vez a polêmica com Fred ao dizer que convocaria o jogador para a Copa América se estivesse no lugar do técnico Mano Menezes.

GYLMAR E CABEÇÃO NA CALÇADA DA FAMA

  • Site oficial do Corinthians/Divulgação

    Os ex-jogadores Gylmar e Cabeção deixaram suas marcas na Calçada da Fama do Memorial do Corinthians. Pela dificuldade em comparecer ao clube, por conta de suas idades avançadas, ambos receberam a equipe corintiana em suas casas para registrar sua história no concreto.

“Como jogador eu contrataria o Fred para a Copa América, pois sou admirador do futebol do Fred, um dos melhores centroavantes do futebol brasileiro”.

Emerson e Fred ‘trocaram gentilezas’ pela imprensa depois que o Sheik foi dispensado do Fluminense. “Não joguei bomba em ninguém, sou super educado. Algumas atitudes, como o carinho desses jogadores mostra isso. E isso prova que tem gente que fala demais”, disse o corintiano antes da partida contra o time carioca no último final de semana.

A resposta de Emerson na ocasião foi motivada pela entrevista de Fred ao diário Lance!, dizendo que ele soltou uma bomba nas Laranjeiras ao dar declarações polêmicas depois de sua saída. Sheik disse, por exemplo, que tinha problemas de relacionamento com o então companheiro de ataque.

A torcida do Fluminense também polemizou no Twitter logo após a saída de Emerson. O termo ‘Sheikcorno’ virou um dos mais citados do Brasil no microblog, em alusão a uma suposta traição da mulher de Sheik com Fred na época que ambos atuavam no time carioca.

Emerson defendeu que seu tempo no Fluminense já passou e pediu para a imprensa não o questioná-lo mais tanto sobre o clube carioca quanto a respeito de Fred.

“Quero pedir gentilmente que vocês não tocassem mais nesse assunto, pois é chato ficar falando sempre disso. O Fluminense na minha vida passou. Eu na vida do Fluminense não vou passar nunca. Quero dar por encerrado por favor esse assunto. Não cabe mais”.

Esporte