Topo

Futebol


Corinthians teve o maior jejum de títulos entre os grandes; veja o top 10

Do UOL, em São Paulo

13/10/2017 04h00

  • Folhapress

    Corinthians - 23 anos

    No dia 13 de outubro de 1977, há exatos 40 anos, o Corinthians era campeão estadual e encerrava o seu maior jejum de títulos, que durava desde a conquista do torneio Rio-São Paulo de 1954. O gol de Basílio no terceiro jogo da final do Paulistão contra a Ponte Preta é até hoje lembrado como um dos episódios mais marcantes da história do clube. A fila corintiana foi a mais longa entre os 12 times de maior torcida do Brasil.

  • Lancepress

    Botafogo - 21 anos

    Depois da conquista da Taça Brasil de 1968, o Botafogo ficou sem conquistar nenhum título até 1989, quando se sagrou campeão carioca depois de vencer o Flamengo na decisão, com um gol salvador do atacante Maurício. O time era comandado por Valdir Espinosa e tinha no elenco nomes como Mauro Galvão, Wilson Gottardo e Carlos Alberto Santos.

  • Reprodução

    Santos - 20 anos

    Depois do título paulista de 1935, o primeiro do time, o Santos ficou até 1955 sem levantar nenhum troféu. A conquista estadual naquele ano inspirou a marchinha de Carnaval que se tornaria o hino oficial do clube: "Agora quem dá a bola é o Santos / O Santos é o novo campeão / Glorioso alvinegro praiano / Campeão absoluto deste ano".

  • Marlene Bergamo/Folhapress

    Palmeiras - 17 anos

    Depois dos seis títulos nacionais nas décadas de 60 e 70, o Palmeiras seria campeão pela última vez no Paulistão de 1976 antes de amargar seu maior jejum. A fila só terminou em 1993, quando o supertime de Evair, Edmundo, Roberto Carlos e companhia goleou o Corinthians no segundo jogo da final do estadual e abriu caminho para uma das épocas mais vitoriosas do clube.

  • Reprodução

    Grêmio - 14 anos

    Entre os títulos gaúchos de 1932 e 1946, o Grêmio não ganhou nenhum campeonato fora os torneios municipais de Porto Alegre. Mais recentemente, o tricolor amargou um jejum de 15 anos sem títulos nacionais, encerrado com o título da Copa do Brasil de 2016 - neste período, conquistou três edições do Gauchão.

  • Reprodução/Youtube

    São Paulo - 13 anos

    O time tricolor que foi campeão paulista em 1970 encerrou o maior jejum de títulos da história do clube, que começou depois da conquista do estadual em 1957.

  • Reprodução

    Vasco - 12 anos

    Em 1958, o Vasco conquistou uma das edições mais disputadas da história do Campeonato Carioca, que ficou conhecida como "Supercampeonato". Mas, em seguida, começou um jejum que só terminaria com o título estadual de 1970.

  • Reprodução

    Flamengo - 12 anos

    O maior período sem títulos do rubro-negro carioca foi entre as conquistas do Campeonato Carioca de 1927 e 1939. O time que encerrou o jejum tinha nomes como Leônidas e Domingos da Guia.

  • Divulgação/Fluminense

    Fluminense - 12 anos

    Depois de ganhar o Carioca em 1924, o Tricolor só voltou a levantar um troféu depois de derrotar o Flamengo na decisão do estadual de 1936.

  • Arquivo/Estado de Minas

    Atlético-MG - 11 anos

    O Galo foi o primeiro campeão mineiro, em 1915. Só que, depois disso, o América-MG engatou dez conquistas seguidas e foi o responsável pelo maior jejum de títulos da história do rival.

Futebol