Topo

Futebol


Bombou nos estaduais: drama no RJ, VAR no Paulista e 'vilão' no Gaúcho

Premiére/Reprodução
Imagem: Premiére/Reprodução

Do UOL, em São Paulo

25/03/2019 04h00

O final de semana foi de jogos decisivos em diversos campeonatos estaduais pelo Brasil. Em São Paulo, em Minas Gerais e no Rio Grande do Sul, por exemplo, os mata-matas começaram - e com polêmicas, golaços e algumas cenas de mais rispidez.

No Rio de Janeiro, os mata-matas ainda não começaram, mas a rodada foi de emoções. Teve Fla-Flu, teve tristeza de Botafogo e Vasco, teve vitória e emoção do Bangu...

E não foi só. Teve clássico no Pará, artilheiro no Distrito Federal, polêmica em Pernambuco e emoções na segunda divisão de São Paulo. Confira:

Pelo Brasil

  • Reprodu

    VAR no Paulista

    O VAR fez sua estreia no Campeonato Paulista, que chegou às quartas de final, mas já sendo pivô de desentendimento. No jogo Novorizontino 1 x 1 Palmeiras, o meia Murilo Henrique dominou a bola na intermediária, avançou e bateu para o gol - no rebote, Cléo Silva fez o gol do time de Novo Horizonte. O árbitro Raphael Claus validou o lance, mas o Palmeiras manifestou sua insatisfação. A FPF, com a qual o clube rompeu em 2018, defendeu a legalidade do gol. Nas partidas Santos 2 x 0 Red Bull Brasil, São Paulo 2 x 1 Ituano e Ferroviária 1 x 1 Corinthians, não houve confusões a respeito. Leia mais

  • João Carlos Gomes/Bangu AC

    O drama do herói do Bangu

    O Bangu visitou o Vasco pela última rodada da Taça Rio e venceu de virada por 2 a 1, graças a um gol de Marcos Júnior nos acréscimos do segundo tempo. Na comemoração, o atacante exibiu uma camiseta com a imagem de uma mulher vestindo a camisa do clube. E explicou, emocionado: "Eu perdi minha esposa no fim do ano, não tenho nem palavras [chora]. Eu andei fora do caminho certo... Difícil, cara. Acredito que as pessoas têm um propósito na vida e o dela foi me colocar no caminho certo. Se não fosse ela talvez nem estivesse aqui. Ela estava comigo antes até de eu chegar ao Bangu. É para ela". Leia mais

  • DHAVID NORMANDO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Quebra-pau no Fla-Flu

    O Flamengo venceu o Fluminense por 3 a 2, em jogo pela última rodada da fase de grupos da Taça Rio, mas a reação tricolor nos minutos finais acabou deixando o clássico ainda mais acalorado. Nos minutos finais, Bruno Henrique foi contundente para separar um desentendimento entre Renê (Fla) e Caio Henrique (Flu), provocando uma confusão entre os dois times. Na volta, Pablo Dyego (Flu) levantou demais o pé ao tentar dominar uma bola e quase acertou a cabeça de Léo Duarte (Fla), procurando mais bate-boca. O árbitro expulsou o tricolor e encerrou o jogo.

  • Premiére/Reprodução

    Os 19 minutos de Genílson

    Certamente não foi o jogo que Genílson esperava. Na partida Juventude 0 x 6 Grêmio pelas quartas de final do Campeonato Gaúcho, o zagueiro do time de Caxias do Sul foi expulso aos 19 minutos do primeiro tempo por uma falta violenta em Pepê, saindo de campo vaiado pela torcida. Um minuto antes, o próprio Genílson teve a chance de abrir o placar, recebendo a bola na pequena área e mandando para fora. O castigo? Aos 24 minutos, o Grêmio abriu o placar com Marcelo Oliveira. Leia mais

  • Bruno Cantini/Atlético-MG

    Golaços aos montes

    Quer escolher gol bonito no final de semana? O cardápio foi cheio! No Campeonato Gaúcho, o Grêmio visitou o Juventude pelas quartas de final e venceu por 6 a 0, graças a dois belos gols de Luan - o primeiro, aos 11 minutos do segundo tempo, em cobrança de falta, e o segundo, aos 17 min, de peito após rebote do goleiro. No mesmo jogo, Diego Tardelli não decepcionou e fez por cobertura. Já na vitória fora de casa do Internacional sobre o Novo Hamburgo, Martín Sarrafiore balançou as redes com um chutaço de longe. Já nas quartas do Mineiro, o Atlético-MG contou com uma cobrança de falta indefensável de Ricardo Oliveira para fazer 3 a 1 no Tupynambás.

  • Divulgação

    PM tira faixa da torcida do Sport

    Membros de uma torcida do Sport protestaram ontem contra a reforma da previdência. No jogo contra o Petrolina pelo Campeonato Pernambucano, o grupo levantou uma faixa com a seguinte mensagem: "Torcedor/a é trabalhador/a e também quer se aposentar". O policiamento retirou a faixa. Em nota, a Polícia Militar informou que "a faixa (...) entrou ao estádio de forma clandestina, por isso foi retirada, temporariamente, do campo, sendo devolvida ao proprietário ao final da partida". O Sport venceu por 4 a 0. Leia mais

  • @BrasilienseFC/Twitter

    No DF, estreia com três gols

    Vítor Mariano fez ontem seu primeiro jogo como titular do Brasiliense - e não decepcionou: marcou três gols na vitória por 6 a 0 sobre o Bolamense. A partida foi válida pela última das 11 rodadas da primeira fase do Campeonato Brasiliense. O time de Vítor Mariano fechou a fase como vice-líder, com 28 pontos, três a menos que o Gama.

  • Jorge Luiz/Paysandu SC

    Empate em clássico no Pará

    O Campeonato Paraense ainda está na primeira fase, mas a rodada do fim de semana teve clássico entre dois dos candidatos ao título: Paysandu e Remo. No Mangueirão, o Re-Pa terminou empatado por 1 a 1 - Douglas Packer fez o gol do "Re", que lidera o Grupo A1, enquanto Diego Matos empatou para o "Pa", que é o primeiro colocado do Grupo A2.

  • Rafael Bento/CA Votuporanguense

    Portuguesa se salva (e ainda sonha)

    Na segunda divisão paulista, a Portuguesa conseguiu uma incrível reação. Nas últimas cinco partidas, conquistou quatro vitórias - a última delas ontem, quando recebeu o Votuporanguense e venceu por 2 a 1. Antes ameaçada pelo rebaixamento, a equipe já não corre mais o risco de queda. De quebra, ocupa a nona colocação com 17 pontos, um a menos que o Santo André - justamente seu próximo rival. A próxima rodada define as quartas de final.

  • Reprodução

    Casagrande vai à Rua Javari

    Em mais um jogo da Série A-2 do Campeonato Paulista, o Juventus recebeu o Santo André na Rua Javari. A partida contou com presenças ilustres nas arquibancadas: Walter Casagrande Júnior foi ao jogo ao lado do ator Bruno Mazzeo e do músico Branco Mello. O trio, no entanto, não deu sorte para o time grená: vitória ramalhina por 1 a 0. Leia mais

Mais Futebol