PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dono de pizzaria, fazendeiro... Onde estão os campeões da Copa do BR-1997

Mauro Galvão, Émerson e Luciano erguem a taça da Copa do Brasil de 2017 - Rosane Marinho/Folhapress
Mauro Galvão, Émerson e Luciano erguem a taça da Copa do Brasil de 2017 Imagem: Rosane Marinho/Folhapress

Vanderlei Lima e Rodrigo Trindade

Do UOL, em São Paulo

25/06/2017 04h00

O ano de 2017 marca o aniversário de 20 anos do tricampeonato gremista da Copa do Brasil. Treinado por Evaristo de Macedo, o Grêmio superou um Flamengo liderado por Romário e Sávio em pleno Maracanã para conquistar o torneio pela terceira vez em sua história.

A partida de ida foi um empate por 0 a 0 no antigo Estádio Olímpico, realizada no dia 20 de maio. Nela, o time da casa teve que segurar o rival com um jogador a menos, pois Dinho acabou expulso.

Sem o volante, o clube gaúcho precisou buscar um resultado em um Maracanã com mais de 90 mil torcedores, no dia 1º de junho. O Grêmio saiu na frente com João Antônio logo aos 6min, mas tomou a virada ainda no primeiro tempo, gols de Lúcio e Romário. O gol do título foi do meia-atacante Carlos Miguel, que marcou aos 42min da etapa complementar e garantiu a taça. 

Por onde andam os gremistas campeões em 1997?

  • Divulgação

    Danrlei, goleiro

    Jogador de longa data no Grêmio, Danrlei está com 44 anos e foi para a carreira política. É hoje deputado federal afiliado ao PSD-RS. Na decisão contra o Flamengo, foi titular nas duas partidas.

  • Miguel SCHINCARIOL/AFP

    Arce, lateral direito

    O paraguaio Arce tem atualmente 46 anos e é treinador da seleção de seu país natal, atual oitava colocada nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Era o titular na lateral direita e jogou os 180 minutos da decisão contra o Flamengo.

  • Arquivo pessoal

    Rivarola, zagueiro

    Também paraguaio, o ex-defensor está com 52 anos e seguiu carreira na gestão esportiva. Rivarola faz parte da administração do Independiente FBC, do Paraguai. Foi titular em ambos os jogos contra o Grêmio, mas substituído no início do jogo de volta, no Maracanã, por Luciano Dias.

  • Marcelo Sadio/ site oficial do Vasco

    Mauro Galvão, zagueiro

    Aos 55 anos, o ex-defensor também atuou na parte administrativa de clubes. Foi gerente de futebol do Vasco, porém encontra-se desempregado no momento. Em 1997, era titular e capitão da equipe treinada por Evaristo de Macedo.

  • Pedro Vilela/Getty Images

    Roger, lateral esquerdo

    Aos 42 anos, o ex-lateral e zagueiro segue trabalhando dentro dos campos, mas como treinador. Depois de uma passagem pelo próprio Grêmio, Roger Machado é o atual técnico do Atlético-MG. Com 22 anos, o então defensor jogou as duas partidas inteiras contra o Flamengo.

  • Arquivo pessoal

    Dinho, volante

    O ex-meio-campista seguiu o mesmo caminho de Roger, passando para a carreira de treinador. Aos 50 anos, Dinho aguarda uma oportunidade para comandar alguma equipe. Há 20 anos, o volante foi titular no jogo de ida contra o Flamengo, disputado no Olímpico, mas acabou expulso e ficou fora da volta.

  • Arquivo pessoal

    Émerson, volante

    Após longa carreira na Europa e um retorno discreto ao Brasil, Émerson é proprietário do Fragata, um clube formador de atletas em Pelotas, no Rio Grande do Sul. Substituído no intervalo da partida de ida, o volante atuou em todo jogo no Maracanã.

  • João Antônio, volante

    O ex-volante João Antônio está com 51 anos e trabalha no próprio Grêmio. Ele é auxiliar do técnico César Bueno no time sub-20 gremista. Autor do primeiro gol gremista no Maracanã, João Antônio foi titular dos dois jogos na decisão.

  • Carlos Miguel, meia-atacante

    Aos 45 anos, o ex-meia é comentarista de futebol na Grêmio Rádio Umbro 90,3 em Porto Alegre. Pelo tricolor gaúcho, Carlos Miguel jogou todos os minutos da decisão contra o Flamengo, marcando o gol do empate por 2 a 2 no Maracanã que resultou no título da Copa do Brasil.

  • Arquivo pessoal

    Dauri, atacante

    O ex-atacante saiu totalmente do futebol e se tornou um empresário no ramo de lojas de calçados. Dauri, titular substituído na partida do realizada no Olímpico em 1997, também tem uma padaria. Ele reside em Garopaba, Santa Catarina.

  • Arquivo pessoal

    Paulo Nunes, atacante

    Titular em ambos os jogos contra o Flamengo, substituído na volta, Paulo Nunes vive em Goiânia e é um empreendedor. É proprietário do Centro Esportivo Paulo Nunes, na capital de Goiás, é investidor em construção civil e ainda tem uma fazenda.

  • Murilo, goleiro

    Reserva de Danrlei, Murilo não entrou em campo contra o Flamengo. Atualmente tem 43 anos, é empresário e tem uma pizzaria em Porto Alegre

  • Arquivo pessoal

    Luciano Dias, zagueiro

    Substituto de Rivarola na partida no Maracanã, o ex-zagueiro de 46 anos é o atual técnico do Barra FC de Santa Catarina.

  • Arquivo pessoal

    Marco Antônio, lateral direito

    Participante do jogo de ida no Olímpico, substituindo Dauri, o ex-lateral Marco Antônio é auxiliar técnico de seu antigo colega de clube, Luciano Dias, no Barra FC.

  • Arquivo pessoal

    André Silva, lateral esquerdo

    Figura que não entrou em campo contra o flamengo, o ex-lateral André Silva está com 44 anos e tem uma empresa de transporte no Rio de Janeiro.

  • Arquivo pessoal

    Djair, volante

    Aproveitado por Evaristo de Macedo na partida realizada no Maracanã, Djair era reserva deste Grêmio campeão. Aos 41 anos, ele é atualmente diretor de uma escolinha de futebol na China, chamada Shenzhen Soccer Schools.

  • Arquivo pessoal

    Otacílio, volante

    O ex-volante Otacílio, titular no Maracanã, está 44 anos e tomou um caminho diferente da maioria de seus colegas e se tornou empresário de outros jogadores. Ele é dono da OTA Sport e vive em Salvador.

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Tinga, volante

    Então uma jovem promessa gremista, o volante Tinga não chegou a atuar na decisão contra o Flamengo. 20 anos depois, com 39 anos de idade, ele é o gerente de futebol do Cruzeiro.

  • Jonatan Dutra/Grêmio Novorizontino/Divulgação

    Luiz Carlos Goiano, meio-campista

    Atual coordenador técnico do Grêmio Novorizontino, o ex-meio-campista está com 48 anos. Na final contra o Flamengo, Luiz Carlos Goiano não chegou a entrar em campo.

  • Arquivo pessoal

    Rodrigo Gral, meia-atacante

    Reserva que entrou na partida contra o Flamengo no Olímpico, o meia-atacante Rodrigo Gral está com 40 anos, mas não encerrou a carreira como jogador. Com uma passagem recente pelo Operário-MS, ele está no Igrejinha-RS até o final de julho - no momento, se recuperando de lesão. Depois, tem convite para defender o Las Vegas FC, time de uma das ligas inferiores dos EUA.

  • Arquivo pessoal

    Marcos Paulo, atacante

    Assim como Otacílio, o ex-atacante Marcos Paulo é outro que seguiu para a carreira de empresário. Aos 43 anos, ele é dono da empresa MP9 Assessoria e mora em Joinville. Ele jogou na partida de volta contra o Flamengo, no Maracanã.

  • Arquivo pessoal

    Zé Alcino, atacante

    Não aproveitado por Evaristo de Macedo na decisão contra o Flamengo, o ex-atacante Zé Alcino tem 43 anos e está fora do futebol, só cuidando da família.

  • Facebook/Reprodução

    Evaristo de Macedo, técnico

    Ex-jogador e técnico com carreira vitoriosa em ambas as áreas, Evaristo de Macedo está aposentado com 84 anos.

Esporte