PUBLICIDADE
Topo

Esporte

10+ dos estaduais: provocação estilo "galinha" e duelo Luís Fabiano x juiz

Do UOL, em São Paulo

27/03/2017 04h00

O final de semana dos estaduais foi quente, principalmente nos clássicos São Paulo x Corinthians e Flamengo x Vasco, repletos de polêmicas. Outros episódios marcaram a rodada, como um gol contra bizarro no Paraná e um artilheiro conhecido perdendo gol feito na pequena área. O UOL Esporte preparou para você uma lista com fatos curiosos e relevantes dos jogos de sábado e domingo pelo Brasil. Confira!

10+ dos estaduais

  • Comemoração de "galinha" e polêmicas no apito

    Maicon abriu o placar no clássico entre São Paulo e Corinthians, pelo Campeonato Paulista. Na comemoração, o são-paulino imitou uma galinha, em suposta referência jocosa à torcida corintiana. Na saída de campo, após o empate por 1 a 1, o jogador negou a provocação e disse que o gesto foi espontâneo. A partida também foi marcada pelas polêmicas na arbitragem de Vinícius Furlan. O juiz expulsou Wellington Nem nos minutos finais, mas relevou uma entrada dura do são-paulino ainda no primeiro tempo. Ele também foi duramente criticado pelo time da casa por amenizar para o lado dos corintianos Pablo e Gabriel (já amarelados) após faltas em contra-ataques. Leia mais

  • Reprodução/Globo

    Tragédia no Morumbi

    O torcedor Bruno Pereira da Silva despencou do terceiro anel das arquibancadas do Morumbi pouco antes do clássico de domingo entre São Paulo e Corinthians, no último domingo. O são-paulino de 23 anos, que vinha de Pindamonhangaba para ver a partida na capital paulista, foi levado às pressas a um hospital da região, com ferimentos graves na cabeça, mas não resistiu e morreu. O acidente aconteceu perto do portão 17 do estádio. Leia mais

  • Apagão em estádio de Copa

    Ficou tudo escuro no Mané Garrincha durante o primeiro tempo de Flamengo x Vasco, no domingo, por causa de um apagão nos refletores do estádio de Brasília, que há três anos abrigou a Copa do Mundo. Foram nove minutos de paralisação ao todo. Dentro de campo, com tudo iluminado, as coisas também não foram tranquilas. O vascaíno Yago Pikachu abriu o placar no primeiro tempo, após uma falha de saída de bola dos rubro-negros. Adiante, Willian Arão e Berrío viraram para o Fla na etapa final. Mas, no final, a arbitragem assinalou um pênalti inexistente a favor do Vasco, após uma bola bola na barriga de Renê. Nenê converteu e decretou o empate por 2 a 2. Leia mais

  • Primeira expulsão do Fabuloso no Vasco (com simulação do juiz?)

    No começo do segundo tempo, Luís Fabiano recebeu um cartão amarelo por uma entrada dura no flamenguista Márcio Araújo. Na reclamação, o atacante do Vasco encostou a cabeça na testa do árbitro Luis Antônio Silva dos Santos, que quase caiu para trás, em uma reação aparentemente exagerada. O juiz então não hesitou e tirou o vermelho do bolso - mais um na conta do Fabuloso, em sua primeira expulsão pelo novo clube. Leia mais

  • Thiago Ribeiro/AGIF

    Botafogo bate o ídolo Loco Abreu

    Em situação delicada na tabela do Campeonato Carioca, o Botafogo conseguiu um importante triunfo diante do Bangu, atual clube do uruguaio Loco Abreu, um dos maiores ídolos recentes do Alvinegro. Com gols do camaronês Joel e de Sassá, o time assumiu a vice-liderança do Grupo B, com oito pontos. O resultado deixa a equipe de Jair Ventura em boa posição para assegurar uma vaga às semifinais da Taça Rio. Leia mais

  • Ricardo Oliveira perde gol feito

    Após jogada de Victor Ferraz pela direita e rebote da defesa do Santo André, Ricardo Oliveira ajeitou o corpo para fazer um daqueles gols fáceis - desses que o atacante acumula aos montes na sua carreira. Mas, mesmo na pequena área, com o goleiro Zé Carlos aparentemente batido, o goleador santista errou o alvo, finalizando por cima do travessão. Um gol perdido... acontece com os artilheiros também. Mais adiante, o Santos conseguiu vencer o compromisso do Campeonato Paulista no sábado, por 1 a 0, graças a um gol de Copete. Leia mais

  • Golaço do Audax cala o Allianz Parque

    Léo Artur fez um golaço no empate por 2 a 2 entre Palmeiras e Audax, no sábado, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista. O jogador do time de Osasco definiu o placar no segundo tempo, ao ser acionado em velocidade em um contra-ataque. O jogador da equipe visitante ganhou na corrida do veterano Zé Roberto e deu um lindo toque por cobertura para vencer o goleiro Jaílson. Leia mais

  • Reprodução

    Gol contra bizarro salva o Atlético-PR

    Diante de 9.267 torcedores, o Atlético-PR sofreu para empatar por 1 a 1 em casa com o Cianorte, pelo Campeonato Paranaense, no sábado. Os visitantes abriram o placar com Rafael Xavier, mas depois cederam a igualdade em uma jogada incomum. Após um cruzamento de Luis Henrique da esquerda, o zagueiro David Luis interceptou contra o próprio gol, com um chute certeiro no ângulo, e ajudou o time da casa. Mesmo assim, o Furacão não escapou das vaias da torcida na Arena da Baixada.

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Grêmio resolve em apenas 28 minutos

    Com direito a um gol do veterano Léo Moura, o Grêmio bateu o Juventude sem grandes dificuldades no sábado. Aos 28 minutos do primeiro tempo, o time do técnico Renato Gaúcho já vencia por 3 a 0. Depois disso, os atuais campeões da Copa do Brasil diminuíram o ritmo, mas mesmo assim chegaram ao placar de 4 a 0, com um gol de pênalti de Luan. O resultado garantiu os gremistas nas quartas de final do Campeonato Gaúcho. Leia mais

  • Christian Alekson/CearáSC.com

    Vovô centenário

    Com dois gols do "interminável" Magno Alves, o Ceará venceu o Uniclinic por 4 a 1 no sábado e se garantiu nas semifinais do Campeonato Cearense. O desempenho na partida fez o atacante de 41 anos alcançar a marca de 100 gols com a camisa do Ceará. O adversário do Ceará na próxima fase do Estadual será o Guarani de Juazeiro.

Esporte