PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Rosberg recusa ser piloto número 2 se Schumi for para a Mercedes

Mercedes GP anunciou Nico Rosberg como seu primeiro piloto para 2010, mas se Schumi vier... - Saeed Khan/AFP
Mercedes GP anunciou Nico Rosberg como seu primeiro piloto para 2010, mas se Schumi vier... Imagem: Saeed Khan/AFP

Do UOL Esporte

Em São Paulo

16/12/2009 08h29

Os rumores cada vez mais fortes de que Michael Schumacher vai voltar à Fórmula 1 com a Mercedes GP deixam Nico Rosberg em alerta. O alemão, já garantido na escuderia, avisou que não vai ser o piloto número 2, nem mesmo correndo ao lado de um heptacampeão mundial.

“Número 2, eu? Não. Mas eu respeito muito o Schumacher”, disse o também alemão Rosberg, de 24 anos, ao tabloide alemão Bild. Ele terminou a temporada de 2009 em sétimo lugar, tendo somado 34,5 pontos com a Williams, na melhor de suas quatro temporadas na categoria.

Entretanto, Rosberg disse torcer para que Schumacher seja seu companheiro na Mercedes GP. Mas sem privilégios. “Aqui na Mercedes não tem esse tipo de hierarquia. Sempre foi sabido que os dois pilotos têm que ter igualdade”, comentou.

“Claro que, se ao final do ano houver a possibilidade de um dos pilotos lutar pelo título, o time deverá concentrar as forças nele. Mas a princípio a filosofia da Mercedes é “temos dois primeiros pilotos”, decretou Rosberg.

“Espero que meu companheiro seja escolhido o mais rápido possível e no momento os rumores apontam para Schumacher. Não tenho ideia se isso é verdade ou não, mas se ele entrar na equipe, seria uma contratação absolutamente fantástica”, avaliou.

Nesta quarta-feira, o diretor-executivo da Mercedes GP, Nick Fry, admitiu que tem conversas adiantadas com Schumacher que a volta do alemão está cada vez mais próxima. “A presença dele seria muito boa para o nosso time”, destacou o dirigente. Agora, só depende do alemão.
 

Fórmula 1