Topo

Jovem arrecada R$ 13 mil para ajudar motorista cuidar da esposa com câncer

O motorista de app Renato Santos começou a vender trufas durante as corridas para pagar o tratamento da esposa com câncer de mama Imagem: Arquivo Pessoal

Ed Rodrigues

Colaboração para Ecoa, do Recife

02/07/2022 06h00

A solidariedade muitas vezes surge de onde menos se espera. Em Aracaju, no Sergipe, um motorista de Uber precisou vender trufas para ajudar no tratamento da esposa, diagnosticada com câncer de mama. Com o objetivo de conseguir ajuda de seus passageiros, Renato Santos, 38, colocou uma placa dentro do veículo contando a história e oferecendo as trufas a R$ 2 cada uma, ou três por R$ 5. O que ele não esperava é que um passageiro, além de comprar os doces, fosse ajudar de outra maneira. O benfeitor compartilhou a luta de Renato e conseguiu arrecadar mais de R$ 13 mil.

Gilberto Andrade, 20, trabalha como criador de conteúdo digital. Ao pegar o carro por aplicativo, percebeu a placa das trufas logo ao embarcar. O jovem comprou os chocolates e iniciou um bate-papo com o motorista. A história sensibilizou o rapaz, que decidiu ajudar um pouco mais.

"Vi a placa de venda das trufas e fomos conversando. Ele me explicou a situação e aquilo me tocou. Eu queria ajudar de alguma forma. Foi muito rápido. Assim que postei no Twitter em umas quatro horas já tinha passado do valor que precisava, que era R$ 900 para custear um exame de ressonância", contou a Ecoa.

Com o recurso, Renato Santos pagou o exame, comprou alimentos, pagou as contas atrasadas e remédios. A prioridade é saúde da esposa, mas se sobrar algum dinheiro, deve usar para dar entrada em um carro para trabalhar, uma vez que corre com um veículo alugado.

"Fico muito feliz em ter ajudado. Muito grato porque não foi somente eu. Sem as pessoas boas e que também acreditaram na história de vida de Renato e da esposa, não teríamos conseguido nada. Torço para que ela se recupere 100% dessa doença e quero poder acompanhar isso. Sei que ele também quer o mesmo. Renato é um homem forte e incrível. É esse tipo de pessoa que quero próximo da minha vida", disse Gilberto.

A Ecoa, o motorista Renato Santos contou que está desempregado há três anos. Renato é motorista de carreta e de ônibus, mas devido à necessidade alugou um carro e foi rodar por Aracaju. A esposa, cujo nome ele preferiu preservar, é professora.

Ele conta que o câncer da esposa voltou após uma cirurgia. Sem recursos, viu nas corridas por app e nas trufas a únicas alternativas para conseguir dar conta do tratamento.

"Ela teve que tirar mama direita e provavelmente vai tirar a esquerda também. Eu tive uma iniciativa de vender trufas para ajudar por causa da situação. Combustível caro, pago aluguel de R$ 400 por semana do carro, aluguel de casa, medicação etc. Não tenho tempo de parar um dia porque senão não pago as contas mesmo trabalhando", desabafou.

O dia a dia do motorista é puxado. Roda pela cidade de dia e à noite faz as trufas para vender. "Teve dias que cheguei a vender 50 trufas, mas em outros vendi uma ou cinco. Mas não podemos desistir, não é? Aí, Deus mandou um anjo em forma de passageiro que mudou muito minha vida", contou.

"Ele viu aquele cartão no banco do carro, no encosto de cabeça, e perguntou se tinha trufas. Eu disse que sim e ele comprou três. E a gente começou a conversar. Ele teve a ideia de postar nas redes sociais e que iria tentar arrecadar o que eu precisava. Graças a Deus, arrecadou 12 vezes mais que o valor precisava. Pagou o exame, tinha dois aluguéis atrasados, água, luz... Quitei tudo, graças a Deus e comprei alimentos, que não tinha nada", disse.

Agora, a esposa de Renato seguirá com o tratamento, enquanto ele continua rodando pela cidade e vendendo suas trufas. Para ele, a ajuda foi providencial, mas avalia que o caminho pela frente ainda será difícil.

"Nunca fiquei tão feliz como estou agora. Mesmo sabendo a dificuldade ainda vou passar. Mas feliz. E agradeço a todos que ajudaram. A gente mora em Aracaju. Então, quem estiver por aqui e pegar Uber pode comprar uma trufa comigo. A viagem fica mais gostosa e ainda nos ajuda", agradeceu.

Para ajudar o motorista e sua esposa, doações em dinheiro podem ser feitas por PIX:

79981207268 (chave-celular)

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Jovem arrecada R$ 13 mil para ajudar motorista cuidar da esposa com câncer - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL


Ecoa