PUBLICIDADE
Topo

Cultura e lazer

Viva a cidade. Saboreie experiências.


Cultura e lazer

Feirinhas em SP para comprar produtos originais e de pequenos produtores

A feira Rosenbaum foi criada há seis anos - Divulgação
A feira Rosenbaum foi criada há seis anos
Imagem: Divulgação

Daiana Dalfito

Colaboração para o Urban Taste, em São Paulo

12/12/2018 04h00

Nos últimos anos um movimento ganhou força: cada vez mais pessoas decidiram empreender. Com isso, as feirinhas voltadas ao comércio de marcas autorais e produtos feitos à mão se multiplicam na capital paulista. Elas não funcionam apenas como uma fonte de renda para algumas pessoas, mas formam uma rede de apoio para quem produz e estimulam a compra mais consciente.

A pesquisa GEM 2017 do Sebrae/IBQP aponta que o contingente de empreendedores no Brasil chega a 50 milhões. Muitos deixaram seus trabalhos formais, às vezes em grandes empresas, e investiram em suas próprias marcas. Sonhos que geram trabalho duro, mas que são construídos com amor. Apesar de soar bonita, a poesia dessa mudança precisa de viabilidade. Vender é necessário, e para alcançar o consumidor há duas bases importantes para a ponte: a internet e as feiras.

"As feiras são uma opção de lazer que vão além do consumo. São um passeio que até pouco tempo estava confinado em shoppings centers. Abre-se um leque de possibilidades: cultura, gastronomia, encontro de pessoas, contato com o ar e um maior valor pro artesanato. Existe uma troca", defende a artista Ida Feldman, que organiza e faz a curadoria da Feirinha no Mirante.

A essa perspectiva de aproveitar a cidade são somados outros aspectos, como a necessidade de desacelerar e buscar um consumo mais consciente e produtos e serviços que traduzam personalidades e relações. "Somos singulares e é muito bacana encontrar trabalhos autorais, de qualidade e ainda poder conversar com o artesão que fez o que vamos levar para casa ou presentear uma pessoa querida", resume a criadora da Ofício Feira, Ana Ribeiro.

Para fazer esse universo chegar até você, o Urban Taste fez uma curadoria com nove feiras legais de São Paulo. Vale dar aquela espiada.

Feira Rosenbaum

A feira Rosenbaum é uma das referências no setor. Criada há seis anos, quando o movimento do consumo mais consciente e criativo se fortaleceu e os designers começaram a deixar grandes marcas e apostar em seus próprios ateliês, o evento se espalhou por mais quatro capitais. "Não somos só mais uma feira, viramos uma marca", afirma a curadora Cris Rosenbaum.

Cada edição tem cerca de 45 empresas participantes e os preços são plurais: de itens que custam R$ 8, a quadros avaliados em R$ 10 mil. Para quem quer só passear, vale pelas comidinhas e pelo burburinho que o evento gera.

Em 2018 foram cinco edições na capital paulista. A próxima vai de 11 a 16 de dezembro na Unibes Cultural com 75 marcas e presentes de Natal para todos os gostos e bolsos. Para saber mais e acompanhar a programação siga a Feira Rosenbaum no Instagram.

Vai lá:
Unibes Cultural - Rua Oscar Freire, 2500, ao lado do Metrô Sumaré, São Paulo.
11 a 16 de dezembro, das 11h às 21h.
Mais informações no site.

Mercado Paribar

Com o intuito de ocupar ainda mais o Centro de São Paulo, o Paribar abriu seu "mercado" e a cada dois meses reúne cerca de 25 expositores de marcas 100% feitas à mão. Itens botânicos dividem espaço com moda, arte, vinil, livros e cosméticos naturais. Com direito a banda ao vivo e DJ, quem vai até a praça Dom José Gaspar, atrás da Biblioteca Mário de Andrade, pode aproveitar o brunch do chef Luiz Campiglia e tomar drinques caprichados ou aquela cervejinha descompromissada.

A próxima edição é dia 16 de dezembro. Para acompanhar a feirinha, siga o Mercado Paribar no Instagram.

Vai lá:
Praça Dom José Gaspar - Rua 7 de Abril, 42, República, São Paulo.
Próxima edição: 16 de dezembro, das 11h às 20h.
Telefone: (11) 95465-8643

Feira Jardim Secreto

Também da turma dos pioneiros, a Feira Jardim Secreto está há cinco anos em atividade. Voltada para venda de trabalhos manuais em pequena escala, de quebra é uma forma de ocupar o espaço público da cidade. No coração de SP, no Bixiga, o evento reúne cerca de 180 expositores por edição na Praça Dom Orione.

Sempre voltado para a economia criativa e independente, a Jardim Secreto tem um endereço fixo também no Bixiga, a Casa Jardim Secreto, estruturada por um financiamento coletivo. Lá estão disponíveis produtos de marcas residentes da feira, e o lugar também funciona como um ponto de encontro para um café, cursos e oficinas.

Sem periodicidade definida, mas com comidinhas para todos – inclusive veganos --, a feira definiu a próxima edição, dia 15 de dezembro. Para saber mais e ficar por dentro de tudo que rola por ali, siga a Jardim Secreto no Insta.

Vai lá
Praça Dom Orione, 211-301, Bela Vista, São Paulo.
Próxima edição: 15 de dezembro, das 11h às 20h.
Mais informações no site.

Mercado Tulipa

Com pouco mais de dois anos, o Mercado Tulipa tem lugar na Vila Madalena a cada dois meses. Decoração, moda, acessórios e arte fazem parte do catálogo que reúne 40 expositores por edição. O foco é a criação autoral de pequenas marcas, tanto para as compras, quanto para satisfazer o paladar.. Se animou? Dezembro tem uma edição bem pertinha do Natal. Para ter a feira no radar é só seguir o Mercado Tulipa no Instagram.

Vai lá:
Rua Fidalga, 184, Vila Madalena, São Paulo.
Próximas edições: 22 de dezembro, das 10h30 às 20h30.
Mais informações no Facebook.

Ofício Feira

Novata entre as feiras, a Ofício está em sua 5ª edição e acontece mensalmente na Vila Buarque, miolinho charmoso da capital paulista. Com cerca de 30 expositores por vez, busca repensar a nossa forma de consumo, apresentando produtores que se dedicam a um trabalho de qualidade, criativo e único.

Na onda “slow” (devagar), o “fashion” e o “food” estão juntos, porque na feira tem comidinhas para serem apreciadas ali mesmo ou pra levar. Veganos têm sua vez, bem como amantes da culinária brasileira e adeptos da alimentação funcional.

Para ver de perto, vá até a Praça do Rotary no dia 15 de dezembro. E se quiser saber mais, basta seguir a Ofício Feira no Insta.

Vai lá:
Praça do Rotary - Rua Major Sertório, 524-620, Vila Buarque, São Paulo.
Próxima edição: 15 de dezembro, à partir das 10h.
Mais informações no Facebook.

Feira Alma

Idealizada há cerca de um ano, a Feira Alma saiu do papel para a Vila Madalena cinco meses atrás. Com periodicidade mensal, reúne pequenos produtores da economia criativa. Roupas e joias autorais, arte e decoração são apenas algumas das áreas abrangidas pelos cerca de 20 expositores em cada edição. As comidinhas, no geral, são para levar: geleias, antepastos e granolas artesanais são alguns exemplos.

Apesar de jovem e pequena entre as feiras da capital paulista, a Alma quer fortalecer o movimento econômico que preza por um consumo mais consciente. Para o próximo encontro, marque na agenda: 16 de dezembro. Para acompanhar a feira, siga o perfil dela no Instagram.

Vai lá
Rua Harmonia, 255, Vila Madalena, São Paulo.
Próxima edição: 16 de dezembro, das 12h às 19h.
Mais informações pelo email: contatofeiraalma@gmail.com

Mixtura Criativa

Surgida da necessidade de encontrar lugares acessíveis para a divulgação do trabalho autoral, a Mixtura Criativa está na área desde agosto de 2017. Foi juntando gente e hoje agrupa cerca de 50 expositores por edição. O evento mensal terá em dezembro mais duas edições: 15 e 16 e uma super-extra-de-última-hora nos dias 22 e 23, para os atrasados nas compras natalinas. Todas elas têm lugar na Vila Mariana.

Pra quem quiser aproveitar o evento, além de moda, decoração e produtos para o bem-estar, os organizadores prometem bons drinques e comidinhas deliciosas. Para saber tudo o que vai rolar, é só checar a Mixtura Criativa no Instagram.

Vai lá:
Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, 83, ao lado do Metrô Ana Rosa, São Paulo.
Próximas edições: 15 e 16; 22 e 23 de dezembro, sempre das 11h às 20h.
Mais informações no Facebook.

Feirinha no Mirante

Pequenina, mas não tímida, a Feirinha no Mirante está em um lugar estratégico de São Paulo, o Mirante 9 de Julho, logo atrás do MASP. Desde setembro deste ano, sempre aos sábados, o evento reúne cerca de 15 expositores que vão de saboaria vegana à jardinagem em terrários e kokedamas (aquelas esferas de musgos que servem de "vaso" para deixar as plantas suspensas).

Sem periodicidade fixa, a feira pode rolar uma ou duas vezes no mês e tem como próxima data dia 15 de dezembro. Para comer, vale dar uma passada no Café Suplicy que funciona no Mirante. Quer saber mais? Acompanhe a Feirinha no Mirante no Insta.

Vai lá:
Mirante 9 de Julho - Rua Carlos Comenale, s/n, Bela Vista, São Paulo.
Próxima edição: 15 de dezembro, das 12h às 19h.
Mais informações no site.

Cultura e lazer