Topo

Cultura e lazer

Viva a cidade. Saboreie experiências.


Cultura e lazer

Cinco bares de hostels paulistanos para conhecer mesmo sem se hospedar

São Paulo Hostel Club - Divulgação
São Paulo Hostel Club Imagem: Divulgação

Fernanda Carpegiani

Colaboração para o Urban Taste, em São Paulo

18/10/2018 04h00

Quem já ficou em hostels no Brasil ou no mundo sabe que as vantagens dessa hospedagem vão além do preço. Se por um lado albergues são mais baratos, por outro são também ótimos lugares para conhecer pessoas do mundo todo, trocar experiências sobre passeios e compartilhar rotas de viagens. E nem precisa ser turista para fazer tudo isso.

Em São Paulo existem vários hostels com bares e restaurantes onde rolam festas e eventos abertos para quem não é hóspede. Selecionamos cinco que você precisa conhecer:

Ô de casa

Divulgação
Imagem: Divulgação
Pensa naquele quintal gostoso de casa do interior ou de praia. Esse é o clima que o Ô de casa leva para o meio de Pinheiros. Descolado e grafitado, o espaço do bar é aberto ao público todos os dias até as 23h. A trilha sonora é sempre música brasileira, e o happy hour costuma ser animado a partir das 19h. O queridinho do bar é o "mata gringo", uma degustação de bebidas de boteco brasileiro que custa R$ 25 e inclui uma dose de cada drinque típico daqui: catuaba, jurupinga, gabriela, netuno e paratudo. Também dá para tomar um café da manhã bem paulistano, com tapioca, pingado, pão na chapa e misto com mortadela. Os combos custam a partir de R$ 8.

Vai lá:
Rua Inácio Pereira da Rocha, 385, Pinheiros.
Todos os dias, das 8h às 23h
Telefone: (11) 3063-5216

Bee.w

Divulgação
Imagem: Divulgação
Perto da Rua Augusta e da Paulista, o bar do Bee.w é bem conhecido por quem frequenta a região. Com capacidade para 40 pessoas, a varandinha que abriga o bar é super convidativa. O lugar é ótimo para petiscar e tomar uns bons drinques. Um dos carros-chefe da casa é a porção de chicken fingers, que acompanha batata e custa R$ 28. Mas o que agrada mesmo é o drinque  Adios Motherfucker, uma variação do long island ice tea feito com vodca, gin, tequila, rum, licor de laranja e um pouco de curaçao blue. O preço é R$ 30 e o risco é por sua conta!

Vai lá:
Rua Haddock Lobo, 167, Cerqueira César.
Terça a sábado, das 17h à 1h.
Telefone: (11) 4328-6222

Beats Hostel

Divulgação
Imagem: Divulgação
O sobrenome desse hostel é festa – literalmente. O lugar segue o conceito de Hostel Party, que é justamente um albergue com espaço voltado para festas além das acomodações. Para frequentar o bar sem ser hóspede, só é preciso ter mais de 18 anos e usar uma pulseirinha de identificação. O espaço é aberto todos os dias da semana e tem uma agenda animada. Às quintas rolam "meetings" de inglês para quem quer aprender a língua, das 19h às 23h. Aos sábados, a cada duas semanas acontecem festas temáticas (já teve latina, forró, à fantasia, entre outras) e de sábado e domingo tem churrasco no quintal. O cardápio é bem variado, indo de cerveja litrão a drinques tradicionais brasileiros, como a caipirinha, que custa R$ 12 e é em dobro entre 21h e 22h.

Vai lá:
Alameda Ribeirão Preto, 258, Bela Vista.
Todos os dias, das 12h às 0h.
Meetings de inglês: quinta, das 19h às 23h.
Telefone: (11) 2366-9909

Okupe Hostel & Coliving

Divulgação
Imagem: Divulgação
Evento é o que não falta nesse espaço, que tem opções de estadia mais longa, em um esquema de moradia compartilhada. Hóspedes, residentes e público em geral podem frequentar o bar, que tem sempre uma promoção de bebida. Às quintas, por exemplo, é noite de pizza (R$ 25 o rodízio de pizza salgada) com litrão a R$ 10. Também rolam noites de hambúrguer, feijoada, mexicana e japonesa. Aos sábados e domingos tem gin tônica, aperol, mojito ou caipirinha por R$ 16. Isso sem contar os campeonatos de sinuca, truco e pôquer, tudo aberto para não hóspedes.

Vai lá:
Av. Rebouças, 990, Pinheiros.
Todos os dias, das 18h às 0h.
Telefone: (11) 4304-0663

São Paulo Hostel Club

Divulgação
Imagem: Divulgação
Impossível passar despercebido pelo grafite gigante que estampa a entrada do hostel: um menino em preto e branco com a bandeira do Brasil ao fundo, feito pelo artista Bliss Walls. O lugar fica bem no cruzamento da Avenida Rebouças com a Avenida Paulista e tem um bar aberto para o público aos fins de semana. Os eventos funcionam como esquenta para festas que acontecem em casas parceiras, e quem participa ganha VIP para a continuação. É só ficar de olho nos eventos da página do hostel no Facebook.

Vai lá:
Avenida Rebouças, 239, Pinheiros
Sexta e sábado, a partir das 21h30 (geralmente até as 3h, a depender do movimento).
Telefone: (11) 2366-4245

Mais Cultura e lazer