PUBLICIDADE
Topo

Cultura e lazer

Viva a cidade. Saboreie experiências.


Cultura e lazer

Cinco atrações para ver neste domingo na Feira Cultural do Leste Europeu

As tradicionais matrioskas feitas em madeira - Wikicommons
As tradicionais matrioskas feitas em madeira Imagem: Wikicommons

Lígia Nogueira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

14/09/2017 19h15

Viajar ao leste europeu sem sair de São Paulo é possível: basta fazer um passeio pela região de Vila Zelina. O distrito de Vila Prudente, na zona leste da cidade, reúne 14 comunidades de imigrantes e descendentes da Bielorrússia, Bulgária, Croácia, Eslovênia, Eslováquia, Estônia, Hungria, Letônia, Lituânia, Polônia, República Tcheca, Romênia, Rússia e Ucrânia. Além de abrigar sete igrejas fundadas com ajuda de famílias de imigrantes do leste europeu -- algumas delas com missas realizadas no idioma do país de origem, inclusive --, o bairro é conhecido pela Feira Cultural Leste Europeia de São Paulo, que acontece uma vez por mês, com entrada gratuita, e reúne cerca de 60 expositores.

"Durante o evento, é possível comprar produtos típicos desses países e também dos artesãos de Vila Prudente, que produzem peças com motivos do leste europeu", diz Victor Gers Jr., um dos organizadores.

A seguir, confira 5 coisas imperdíveis para ver na próxima edição da Feira Cultural Leste Europeia de SP, que acontece neste domingo (17).

Kvass e chope escuro russo

Kvass, a mais tradicional bebida eslava - Wikicommons - Wikicommons
Kvass é uma bebida artesanal eslava
Imagem: Wikicommons

"Recomendo a barraca da bebida artesanal eslava chamada Kvass, feita à base de pão preto fermentado e muito consumida nestes países. Eles também vendem o chope escuro russo Rasputin e cervejas artesanais lituanas", diz Victor.

Matrioskas e mais artesanato típico

Na feira é possível encontrar as famosas bonequinhas matrioskas, além de artefatos de tecido, porcelana, metal e madeira. "Estou bastante curiosa para conhecer o trabalho com madeira e tecido feito pelos imigrantes do leste europeu", diz a produtora cultural Paula Oliveira, que pretende visitar a próxima edição do evento na Vila Zelina. "Adoro a experiência de provar sabores e apreciar a cultura de outros povos."

Comidinhas: varenikis e kugelis

Vaneriki é uma delícia que ultrapassa fronteiras - Wikicommons - Wikicommons
Vareniki é uma massa parecida com o ravióli
Imagem: Wikicommons

"Não deixe de provar a milina, espécie de rocambole de massa folhada recheado com abóbora vendido na barraca de comidas búlgaras", diz Victor. "Já a barraca lituana oferece o kugelis, uma torta salgada de batata; enquanto a barraca russa traz pratos como o pelimeni e o vareniki, que são como raviolis recheados com carne e com batata, respectivamente, e servidos com creme de leite, cebola e bacon frito", indica.

Já o estande tcheco-eslovaco oferece carnes defumadas assadas com temperos típicos, como joelho suíno, salsichas, repolho e bebidas artesanais. Não perca, ainda, a barraca do chachlik -- churrasco do leste europeu que reúne no mesmo espeto carne bovina, suína e ovina marinada com tempero especial e servida com raiz forte.

Vasos e outras cerâmicas

Fabio Lima, da F.Lima Cerâmica, trabalha com o princípio de cada peça ser sempre única. “Meu forte são os vasos para bonsai, foi o que me iniciou na arte e é o que mais gosto de modelar. Mas também produzo peças decorativas e utilitários, como pratos para sushi”, conta o artesão. Sandra Celestino, da Meeraki Artesanatos, é descendente de espanhóis e participa da feira como expositora representando o Brasil com peças lúdicas e multicoloridas. “Também vale conhecer a barraca de acessórios femininos com motivos do leste europeu”, diz Victor.

Homenagem ao Conde Drácula

Por fim, não deixe de conhecer a barraca romena, que faz produtos artesanais e gastronômicos alusivos ao país e especialmente ao seu representante mais famoso -- o personagem que dá título ao livro de Bram Stoker escrito em 1897.

 

Vai lá:
Endereço: rua Aracati Mirim, ao lado do Parque Ecológico de Vila Prudente
Funcionamento: domingo, 17 de setembro, das 10 às 17h, grátis
Saiba mais aqui

Conheça mais sobre Urban Taste em @urbantasteuol

Cultura e lazer