Conteúdo publicado há 10 meses

James Webb revela imagem inédita de estrela expelindo jatos supersônicos

Uma imagem inédita obtida pelo Telescópio Espacial James Webb mostra uma jovem estrela, equivalente ao que seria o nosso sol quando era apenas uma "criança", expelindo jatos supersônicos em seus polos.

O que aconteceu:

O objeto estelar, batizado de Herbig-Haro 211 (HH 211), está localizado em um bolsão energético do espaço localizado a cerca de 1.000 anos-luz de distância da Terra, na constelação de Perseu, revelou a Nasa em um comunicado publicado ontem (14).

A H 211 é um dos exemplos mais jovens e mais próximos de uma estrela expelindo matéria, sendo um objeto ideal para o telescópio observar, dizem os pesquisadores.

A imagem pode ser considerada inédita porque a resolução do registro é cerca de 5 a 10 vezes maior do que qualquer imagem anterior desse astro.

Uma protoestrela está sugando ativamente o gás e a poeira circundantes para crescer, mas, ao mesmo tempo, está liberando material para o espaço no que os astrônomos chamam de fluxo bipolar.

A lente infravermelha do telescópio conseguiu capturar suas interações com a matéria interestelar, formando redemoinhos coloridos e brilhantes.

Essa lente especial, ligada a um espectrógrafo de alta definição, permite aos astrônomos a observação de objetos celestes através de espessas camadas de gás e poeira que envolvem estrelas muito jovens. Obter esse acesso a corpos estelares encobertos ajuda os cientistas a decodificar a composição química e o comportamento dos objetos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes