Conteúdo publicado há 7 meses

Silvia Abravanel diz que foi expulsa de casa por Iris Abravanel aos 16

Silvia Abravanel, em entrevista ao podcast Bagaceira Chique, contou que foi expulsa de casa por Iris Abravanel, segunda mulher de Silvio Santos, aos 16.

Ela foi adotada pelo apresentador com três dias de vida, quando o dono do SBT ainda era casado com Cidinha Abravanel, que morreu cinco anos depois, em 1977.

Silvia, a 'filha número 2' de Silvio, não revelou detalhes. "Fui convidada a me retirar, como um castigo. Minha mãe [Iris] achava que eu estava naquela fase aborrecente. Eu me retirei porque não tinha opção."

Ela foi morar no escritório do pai com os caseiros do local e foi criada por uma funcionária. "Fui morar no escritório do meu pai. Foi feito um quarto e uma sala para mim. Morava com os caseiros. Tirei tudo, tirei minhas roupas. Tudo saiu da casa. Eu era bobona, muito criançona... Fiquei triste, fiquei de cama por um mês. A Zilda me criou a partir dos 16 até hoje."

Patricia e Silvia Abravanel ao lado do pai, Silvio Santos
Patricia e Silvia Abravanel ao lado do pai, Silvio Santos Imagem: Lourival Ribeiro/SBT

Apesar da expulsão, mantém boa relação com Iris, que também chama de mãe. "Meu pai não queria que eu fosse veterinária. Quando fui morar em Presidente Prudente para fazer faculdade, a Iris me ajudava. Ela pagava minha faculdade escondida, comprava meus livros... Tive muitas mães na minha vida."

Iris também ajudou Silvia depois do nascimento de sua filha, Luana, hoje com 25 anos — ela nasceu com galactosemia. "A Luana não metaboliza lactose. Quando descobrimos, era muito raro. Meus pais pagavam o leite de soja que era caro. Há 25 anos, não existiam as informações que temos hoje."

Silvio Santos recebeu visita surpresa de Iris Abravanel em seu programa no SBT em 2018
Silvio Santos recebeu visita surpresa de Iris Abravanel em seu programa no SBT em 2018 Imagem: Lourival Ribeiro/SBT

Deixe seu comentário

Só para assinantes