Topo

Brasileiro preso em aeroporto reclama na TV portuguesa: 'Tô sem fazer cocô'

Brasileiro se queixa em entrevista à TV portuguesa que está preso sem fazer cocô Imagem: Reprodução/Twitter

Christiany Yamada e Renata Nogueira

De Splash, em São Paulo

02/07/2022 19h15Atualizada em 03/07/2022 12h31

O relato do humorista pernambucano Abdiás Melo ao RTP 3, canal de notícias da RTP, TV pública de Portugal, viralizou nas redes sociais. O brasileiro se queixa de seu voo cancelado e detalha a situação insalubre que vive preso no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

No trecho da entrevista que viralizou, Abdiás esbanja sinceridade para a repórter portuguesa: "Meu anjo, eu estou com a mesma cueca faz seis dias. Eu não tomei banho. Tô fedendo. Um absurdo! Meu 'sovaco' tá fedendo e eles não fazem nada", diz o brasileiro, levantando o braço e apontando para a axila.

Ele continua: "Simplesmente falam assim: 'Vamos resolver, vamos resolver'. Aí bota um voo, dá o cartão de embarque e cancela. Voo, cartão de embarque, cancela. Eu só consigo fazer cocô em casa. Eu tô preso sem fazer cocô!".

A repórter, então, encerra a entrevista: "Muito obrigada. É uma imagem muito gráfica a situação deste passageiro, mas é um relato que se estende".

"A cueca está parecendo um pano de chão"

Apesar do trabalho com comédia, Abdiás disse em entrevista a Splash que não exagerou no ao vivo e que a situação caótica é real, já que a companhia portuguesa TAP cancelou diversos voos nos últimos dias e está causando transtorno para passageiros de diversos países no aeroporto de Lisboa.

O humorista embarcou para a Europa após ser contratado para fazer algumas publicidades na França e na Alemanha. Portugal era apenas uma conexão de seu voo de volta para Brasil, mas Abdiás está preso lá desde a última quinta-feira, dia 30, mesmo dia em que deveria chegar ao Brasil.

O voo de Paris para Lisboa atrasou e ele perdeu a volta para o Brasil. Desde então não consegue embarcar em Portugal. Além disso, suas malas foram extraviadas e só encontradas hoje após ele enfrentar cinco horas de espera em uma fila.

"Desde quarta-feira estou com a mesma cueca. Estou fedendo, as pessoas não estão aguentando ficar perto de mim. Estou em uma situação deplorável. A cueca está parecendo um pano de chão", reforçou Abdiás a Splash.

Ele também reclama que perdeu trabalhos no Brasil e o prejuízo já chega a R$ 100 mil. Quando conseguir chegar em solo brasileiro, Abdiás pretende entrar com uma ação contra a companhia aérea portuguesa, que não ofereceu hotel nem voucher de alimentação.

Entrevistado famoso

Após o vídeo viralizar, a repórter portuguesa, chamada Inês, descobriu que o seu entrevistado era o humorista pernambucano Abdiás Melo. Ele, que produz vídeos engraçados, é seguido por 1,2 milhão de pessoas no Instagram, 1,2 milhão no Kwai e 700 mil no TikTok.

Nos bastidores, ela conversou com o brasileiro, que registrou a saga nos stories:

"Tu só não fizeste eu passar vergonha porque descobri logo que tu eras um comediante e estava abusando", disse a repórter. "Eu não estava abusando, eu juro, eu estava falando a verdade", devolveu Abdiás, que completou.

"Eu não sabia que era ao vivo, eu realmente estou fedendo. Sinta o cheiro". A repórter então sugeriu que ele comprasse uma cueca ou apelasse aos seguidores. "Tenho certeza que a audiência vai se compadecer e vai te dar uma cueca."

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Brasileiro preso em aeroporto reclama na TV portuguesa: 'Tô sem fazer cocô' - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL