PUBLICIDADE
Topo

Alison e Álvaro vencem holandeses por 2 a 0 e terminam 1ª fase na liderança

Alison e Álvaro venceram os holandeses Brouwer e Meeuwsen - REUTERS/John Sibley
Alison e Álvaro venceram os holandeses Brouwer e Meeuwsen Imagem: REUTERS/John Sibley

Adriano Wilkson

Do UOL, em Tóquio

29/07/2021 10h52

No Grupo D do torneio masculino de vôlei de praia das Olimpíadas de Tóquio, Alison e Álvaro enfrentaram a dupla holandesa formada por Brouwer e Meeuwsen e venceram por 2 sets a 0 (21/14 e 24/22), garantindo a classificação em primeiro lugar para a próxima fase da competição.

Alison e Álvaro estrearam com vitória sobre a dupla argentina Azaad/Capogrosso e foram derrotados por Dalhausser e Lucena, dos EUA, na segunda rodada.

A dupla holandesa também garantiu vaga na próxima fase, em segundo lugar. Brouwer e Meeuwsen ganharam seus primeiros jogos por 2 sets a 0. No entanto, como a única derrota brasileira foi por 2 sets a 1, Alison e Álvaro levaram vantagem no número de sets vencidos.

O jogo

O primeiro set começou com muito equilíbrio, com os holandeses levando uma pequena vantagem no início. Logo, porém, Alison encaixou o bloqueio em Brouwer e tirou a confiança da dupla adversária. Com cinco pontos neste fundamento, o Brasil disparou e fechou o set com facilidade em 21 a 14.

O segundo set foi mais equilibrado, com as duplas se alternando na liderança e chegando a abrir, no máximo três pontos de vantagem. O bloqueio de Alison foi fundamental mais uma vez. No fim, o Brasil chegou a perder dois match points, tomou a virada e evitou um set point holandês antes de fechar o set em 24/22 e o jogo em 2 sets a 0.

Oitavas de final

Agora, Alison e Álvaro aguardam a definição da primeira fase do vôlei de praia antes de voltarem a jogar. O início das oitavas de final está marcado para o próximo sábado (31), a partir das 21h (de Brasília).

"A gente precisava dessa vitória"

A efusiva comemoração de Alison e Álvaro logo que venceram demonstrou a importância do triunfo para os brasileiros. Alison e Álvaro chegaram a esta rodada, de certa forma, pressionados após a derrota por 2 sets a 1 para os Estados Unidos, na última rodada.

"Foi um grande jogo, chave da morte. Perdemos [para os Estados Unidos] no detalhe e hoje sabíamos que teríamos de ter muita humildade para esse jogo. Nosso primeiro jogo foi às 10h da manhã, segundo jogo às 12h, com vento e chuva, agora fechando o dia, às 22h, bem diferente. Eu tive um pouco de dificuldade na virada de bola, mas é isso. Um time unido é isso, o bloqueio entra, o saque ajuda, a defesa o Alvaro estava na hora certa no lugar certo. Temos muito respeito pelo time da Holanda, medalhista de bronze e campeão mundial, mas a gente precisava. Essa comemoração foi um desabafo. A gente precisava dessa vitória. Tivemos muita concentração e humildade, essas são as duas coisas que tivemos hoje", disse Alison ao SporTV.

Alvaro, por sua vez, salientou o trabalho da dupla para deixar o revés anterior para trás e entrar em quadra "zerada"

"Era uma chance muito dura. Acho que fizemos bem o dever de casa. Tivemos humildade, esfriamos a cabeça [após a derrota]. Todo mundo teve muita paciência depois da derrota, porque foi um jogo no detalhe. Renovamos as nossas forças e viemos com tudo para hoje", apontou.