Topo

Corintianos e palmeirenses trocam empurrões após atos contra Bolsonaro

Adriano Wilkson e Luís Adorno

Do UOL, em São Paulo

14/06/2020 16h51Atualizada em 14/06/2020 23h16

Torcedores de Corinthians e Palmeiras se desentenderam hoje no fim de um ato pró-democracia e contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na avenida Paulista, em São Paulo.

Por volta das 16h30, um grupo de palmeirenses perto do cruzamento das avenidas Paulista e Brigadeiro Luiz Antônio caminhava em direção à estação Brigadeiro do metrô. Atrás deles, um grupo de corintianos acelerou o passo para alcançar os alviverdes.

O encontro das duas torcidas deu início a um bate-boca. Quando os corintianos começavam a dispersar, houve um grito anunciando a suposta presença da Mancha Alviverde, organizada palmeirense.

Os corintianos então retornaram. Iniciou-se então uma troca de empurrões, enquanto presentes afastados do centro da discussão gritavam "fora Bolsonaro" e "democracia". Não há relatos de agressões físicas.

Os palmeirenses posteriormente embarcaram no metrô Brigadeiro, que depois foi fechado pela segurança da estação, enquanto os corintianos seguiram em direção à região da Consolação, no final da avenida Paulista.

Procurada pelo UOL, a Polícia Militar disse cogitar a possibilidade de um encontro dentro do metrô. A PM informou que as estações estão com segurança própria reforçada e que também contam com a ajuda de policiais.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Corintianos e palmeirenses trocam empurrões após atos contra Bolsonaro - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Futebol