PUBLICIDADE
Topo

CarnaUOL

Foliões trocam fantasias por capas de plástico e curtem bloco em São Paulo

Mateus Araújo

Colaboração para o UOL

22/01/2017 07h36

A ansiedade pelo Carnaval é tão grande que a chuva que caiu neste sábado (21), em São Paulo, em vez de desanimar serviu como injeção de alegria nos foliões. Mesmo com um público menor do que esperado pela organização, o ensaio geral do Bloco Não Serve Mestre animou quem se dispôs a se molhar para dançar na Vila Madalena, zona oeste.

O evento aconteceu em um estacionamento na Rua Girassol, próximo ao Beco do Batman. A estimativa dos organizadores era de que cerca de 2 mil pessoas fossem à prévia, mas apenas metade, segundo eles, esteve por lá. No entanto, não faltou diversão para quem foi. A Bateria Guerreira, que puxa o grupo, tocou samba, marchinhas e samba-rock.

“Todos os blocos são muito amigos. Em alguns casos, a bateria é a mesma de mais de um deles. Isso faz a união da gente, porque a gente acredita no Carnaval de rua de São Paulo. Um Carnaval livre, democrático, onde não se paga nada. A gente faz com amor”, explica o diretor do Não Serve Mestre, Fábio Lopes.

O publicitário Augusto Paz foi fantasiado para a festa. Vestiu-se de mulher e caiu no samba. Essa foi a primeira prévia que ele foi neste ano, na cidade. “Vim com um amigo, os dois fantasiados. Sempre coloco fantasia no Carnaval”, conta.

Com a chuva, muita gente deixou de lado as fantasias e se rendeu às capas de plástico, como é o caso da cantora alagoana Cinthia Rafaella, que se mudou há cinco meses para São Paulo. “Mesmo com a chuva, está uma linda energia”, diz ela, que pela primeira vez vai passar o Carnaval na capital paulista. “Eu sabia que seria diferente de Maceió e Recife, porque não tem os mesmos ritmos de lá, mas como a gente sabe que vai ser diferente, a gente se diverte mesmo assim”, brinca.

O músico Henio Scheidt, que toca caixa na bateria do bloco, conta que o entusiasmo do grupo é tão grande que a chuva não atrapalha. “A gente faz com chuva ou sem chuva”, garante, ensopado. No entanto, o show precisou encerrar às 18h, antes do horário previsto, por questão de segurança.

O Bloco Não Serve Mestre desfila em São Paulo na segunda-feira de Carnaval, dia 27 de fevereiro, a partir das 11h. A concentração acontece na avenida Brigadeiro Faria Lima, em Pinheiros, próximo ao Largo da Batata.

CarnaUOL