Cardamomo é bom para digestão e melhora hálito; veja benefícios

Por Cecilia Felippe Nery

De sabor intenso, cítrico e levemente adocicado, o cardamomo é uma das especiarias mais sofisticadas que existem, atrás do açafrão e da baunilha.

iStock

Da mesma família do gengibre, dá um gosto todo especial na comida, principalmente no arroz e nas carnes.

Getty Images/iStockphoto

A especiaria é fonte das vitaminas A, B e C e minerais como sódio, potássio, ferro, cálcio e magnésio, que garantem diversos benefícios à saúde.

iStock

Veja, a seguir, alguns de seus benefícios.

Roberto Ulhoa/Divulgação

1. Melhora a digestão

iStock

Por ser rico em óleos essenciais, o cardamomo auxilia na digestão. Além disso, regula os gases, ajuda a aliviar os sintomas relacionados à gastrite e combate a prisão de ventre.

iStock

2. Diminui o mau hálito

iStock

Em algumas culturas, é comum refrescar o hálito comendo vagens inteiras de cardamomo após uma refeição.

iStock

3. Sensação de saciedade

iStock

Por ser rico em fibras, promove a sensação de saciedade, ajudando a regular a sensação de fome.

iStock

4. Favorece a eliminação de secreções

iStock

De ação expectorante, o cardamomo ajuda na eliminação de secreções comuns na gripe e no resfriado.

iStock

5. Ajuda o sistema imunológico

iStock

Ele melhora o sistema imunológico e diminui o risco de várias doenças como a síndrome metabólica, obesidade, hipertensão, diabetes e doença hepática gordurosa não alcoólica.

iStock

A melhor forma de aproveitar o cardamomo é abrir as vagens na hora de usar, retirar os grãos e moer ou amassar. Dentro de cada vagem há cerca de 10 a 20 sementinhas.

iStock

Não são conhecidos efeitos adversos do consumo de cardamomo como especiaria/condimento. Contudo, recomenda-se avaliação clínica quando há intenção de fazer suplementação.

Getty Images
Publicado em 26 de fevereiro de 2024.