Suga colesterol do sangue, rejuvenesce e emagrece: os benefícios do baru à saúde

Por Cecilia Felippe Nery

Pouco conhecido, o baru é um fruto brasileiro originário do Cerrado, cujas amêndoas são ricas em propriedades nutricionais benéficas.

Camila Araujo/ISPN

Estudos recentes destacam a presença das amêndoas e do óleo de baru, provenientes do fruto, amplamente disponíveis no Brasil.

Getty Images/iStockphoto

Recomendado para controle de reumatismo, anemia, dores musculares e regulação do ciclo menstrual, o baru apresenta diversas propriedades terapêuticas.

iStock

Rico em lipídios, proteínas, fibras, vitaminas (C e E) e minerais (boro, zinco, cobre, manganês, magnésio), o baru é uma fonte nutricional completa, com aproximadamente 300 kcal/100g na polpa e 480 a 560 kcal/100g nas amêndoas

CEDAC | Arquivo institucional

O óleo de baru é composto principalmente por ácidos graxos insaturados, destacando o ácido oleico (ômega 9) e linoleico (ômega 6), além da vitamina E.

Getty Images/iStockphoto

Estudos indicam que o consumo de baru auxilia no controle do colesterol, reduzindo o colesterol total, LDL (colesterol "ruim") e triacilgliceróis, enquanto aumenta o HDL (colesterol "bom").

iStock

As fibras e compostos bioativos presentes no baru promovem saciedade, contribuindo para a manutenção do peso corporal.

iStock

Substâncias bioativas como compostos fenólicos e tocoferóis no baru combatem radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce das células.

iStock

O óleo de baru atua como hidratante, atenua estrias, protege contra raios solares e regenera a pele, graças à presença de vitamina E e ácidos graxos.

iStock

Pesquisas sugerem que o consumo de baru pode reduzir inflamações e ajudar na prevenção de doenças neurodegenerativas devido aos seus componentes fitoquímicos.

Camila Araujo/ISPN

A castanha do baru, com alta porcentagem de ferro, é indicada como auxiliar na prevenção da anemia.

iStock

O consumo da castanha torrada pode diminuir dores articulares, como no caso de bursite.

iStock

A amêndoa de baru pode ser consumida torrada como aperitivo, usada em receitas como pé-de-moleque, paçoca, rapadurinhas, cajuzinho, entre outras.

Leonidas Santana/Getty Images/iStockphoto

Para mais informações e dicas de saúde como essa, acesse VivaBem.

CEDAC | Arquivo institucional
Publicado em 11 de dezembro de 2023.