Suga colesterol do sangue e aumenta força muscular: os benefícios do tofu à saúde

Por Samantha Cerquetani

O tofu, queijo vegetal originário da China, integra a culinária oriental há mais de 2 mil anos, sendo consumido globalmente, especialmente por adeptos de dietas veganas ou vegetarianas.

Divulgação

Com textura e sabor semelhantes ao queijo tradicional, o tofu é rico em proteína vegetal, com 6,55 g a cada 100 g. Além disso, é baixo em gordura, não contém glúten nem colesterol.

iStock

Segundo a TBCA, 100 g de tofu fornecem 68 kcal, apresentando minerais essenciais como cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, zinco e selênio.

Rodrigo Capote/UOL

A presença de proteínas vegetais no tofu, convertidas em aminoácidos, contribui para a construção muscular, fortalecimento de tecidos, produção de enzimas, hormônios e anticorpos, sendo uma alternativa para quem evita proteína animal.

iStock

A isoflavona presente no tofu reduz o colesterol "ruim" (LDL) e aumenta o "bom" (HDL), tornando-se uma opção saudável para substituir queijos de origem animal.

iStock

Estudos indicam que o consumo semanal de tofu reduz o risco de doenças cardíacas, atribuído às isoflavonas que melhoram os níveis de colesterol, inflamações e resistência à insulina.

iStock

Rico em proteína, cálcio, fósforo e magnésio, o tofu favorece a saúde óssea, prevenindo a sarcopenia e osteopenia, condições de perda muscular e óssea.

iStock

As isoflavonas da soja presentes no tofu podem atenuar sintomas associados à menopausa, ativando receptores de estrogênio e reduzindo desconfortos como suores noturnos e ondas de calor.

iStock

Com baixo teor calórico (68 kcal em 100 g), o tofu é uma opção leve em comparação com laticínios, sendo benéfico para quem busca controle de peso.

iStock

Pesquisas sugerem que o tofu pode prevenir danos ao fígado, melhorar a função cerebral e contribuir para o controle do açúcar no sangue, mas são necessários mais estudos para validar esses benefícios.

iStock

Por derivar da soja, o tofu contém antinutrientes como inibidores de enzimas, taninos, fitatos e oxalatos, mas seu consumo equilibrado em uma dieta variada não é motivo de preocupação.

Divulgação

O tofu é geralmente seguro, mas pessoas com cálculos ou insuficiência renal devem evitar seu consumo devido à presença de oxalato. Pacientes em tratamento de câncer de mama e com distúrbios na tireoide devem consumir com moderação.

iStock

Ao comprar tofu, atentar à validade e optar por produtos de qualidade assegura a preservação de seus nutrientes.

iStock

Sugestões para incorporar o tofu incluem pão de queijo vegano, bolinho de legumes, lasanha, legumes gratinados, pizza, cremes, sopas, mousse, pudim, cheesecake, pavê e saladas.

Divulgação/Organomix

Para mais informações e dicas de saúde como essa, acesse VivaBem.

Rodrigo Capote/UOL
Publicado em 13 de dezembro de 2023.