Suga açúcar do sangue, trata anemia e reduz o peso: os 10 benefícios da lentilha para saúde

Por Samantha Cerquetani

A lentilha é uma leguminosa versátil que faz parte da dieta humana há milhares de anos.

iStock

É rica em proteína, ferro, magnésio, potássio, vitaminas, zinco, fibras e possui poucas calorias.

Ricardo Toscani/UOL

Consumir lentilhas regularmente ajuda a combater doenças cardiovasculares devido ao magnésio e potássio, bem como fibras que auxiliam no controle do colesterol.

bymuratdeniz/Getty Images

Contém isoflavonas que aumentam a retenção de cálcio nos ossos, sendo útil para fortalecê-los e prevenir a osteoporose.

Moyo Studio/IStock

Rica em ácido fólico, a lentilha é recomendada para gestantes, contribuindo para o desenvolvimento adequado do sistema nervoso do bebê.

iStock

Aumenta a saciedade devido às fibras, o que pode auxiliar na perda de peso quando combinado com dieta equilibrada e atividade física.

iStock

O amido resistente e fibras melhoram a saúde intestinal, prevenindo a prisão de ventre.

iStock

A lentilha é rica em ferro e ácido fólico, contribuindo para a prevenção e tratamento da anemia.

iStock

As fibras solúveis presentes na lentilha ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue, sendo recomendada para pessoas com diabetes.

iStock

Promove a regulação das células de defesa do organismo, fortalecendo o sistema imunológico.

iStock

Supre deficiências de minerais essenciais como ferro, ácido fólico, manganês e zinco, contribuindo para combater a fadiga.

Getty Images

A lentilha possui nutrientes que atuam no sistema nervoso central, estabilizando o humor e promovendo bem-estar.

iStock

Estudos indicam que a lentilha pode reduzir o risco de câncer colorretal, mas mais pesquisas são necessárias para confirmar esse benefício.

iStock

Pessoas com Síndrome do Intestino Irritável (SII) devem evitar, e alergias à lentilha são raras. Deve ser deixada de molho antes do consumo.

iStock

Para mais informações, acesse VivaBem.

iStock
Publicado em 09 de novembro de 2023.