Suga açúcar do sangue, reduz colesterol e aumenta imunidade: os benefícios do tamarindo à saúde

Por Samantha Cerquetani

O tamarindo é uma fruta de origem africana e com sabor que varia entre o agridoce e o ácido. Por ter fibras solúveis, é bastante usado na produção de fitoterápicos que visam diminuir a constipação.

Getty Images

Também tem quantidades consideráveis de vitaminas A e C, antioxidantes e minerais, como cálcio, ferro, fósforo, potássio e manganês.

John Van Beeku­m/The New York Times

Melhora do Funcionamento Intestinal: Rico em fibras solúveis, auxilia no combate à prisão de ventre e promove a evacuação.

iStock

Controle da Glicose: As fibras solúveis retardam a absorção de glicose, ajudando a manter os níveis de açúcar no sangue estáveis.

iStock

Promove Saciedade: As fibras solúveis aumentam a sensação de saciedade, contribuindo para a redução do apetite e auxiliando na perda de peso.

iStock

Saúde Cardíaca: Contribui para a redução do colesterol LDL, prevenindo doenças cardiovasculares.

iStock

Ação Anti-inflamatória: Possui propriedades que ajudam a reduzir processos inflamatórios no organismo.

iStock

Consumo Recomendado: Cerca de 30g por dia, devido ao seu valor calórico.

iStock

Pode ser consumido in natura, em sucos, doces, molhos, licores ou como tempero para carnes e peixes.

Divulgação

Pessoas com alergia ou hipersensibilidade podem apresentar reações adversas, como erupções cutâneas e tonturas.

iStock

Dano ao Esmalte Dental: O componente ácido do tamarindo pode danificar o esmalte dos dentes se consumido em excesso.

iStock

Devido ao teor de potássio, recomenda-se moderação para pessoas com comprometimento renal.

iStock

Pessoas com condições médicas específicas devem consultar um profissional de saúde antes de incluir o tamarindo na dieta.

iStock

Para mais informações, acesse VivaBem.

iStock
Publicado em 21 de março de 2024.