Topo

Tia Surica, 77 anos de Portela e um amor incondicional: 'Minha 2ª família'

Mais Botequim da Teresa
1 | 23

Bruno Calixto

Colaboração para Nossa

17/06/2022 11h00

"Quando falamos da Portela, automaticamente estamos falando do seu nome. E vice-versa". É assim que a apresentadora Teresa Cristina introduz a convidada Tia Surica, que fecha a terceira temporada da série "Botequim da Teresa", de Nossa.

Hoje com 81 anos, a sambista Iranette Ferreira Barcellos está há 77 na escola do coração. "Fui levada pelos meus pais com 4 anos, ainda na época em que o samba era marginalizado".

Teresa se encanta por Tia Surica no 'Botequim' Imagem: Zo Guimaraes/UOL

Ao longo do período, Tia Surica foi da ala das baianas a de puxadores. Hoje, integra a Velha Guarda Show da escola e ostenta o título de matriarca da Azul e Branca de Madureira/Oswaldo Cruz — uma das maiores campeãs do carnaval carioca.

Eu morava na Portela. É a minha segunda família".

Tia Surica: baluarte da Portela Imagem: Zo Guimaraes/UOL

A ocasião mais marcante para Tia Surica foi em 1966. "O ano em que puxei o samba 'Memórias de Um Sargento de Milícias'. É difícil, sem rima e muito grande. O produtor musical Paulão Sete Cordas queria colocar no meu CD, eu fui contra. Ia acabar o CD e a gente não termina de cantar", brinca.

Engana-se quem pensa que o fogo da paixão se apagou depois de tanto tempo. O casamento com a Portela ainda arranca suspiros de Tia Surica. "Dizem que quem desfila nunca sabe se a escola está perfeita ou não. Eu sinto e eu sei pela reação da arquibancada".

Quando eu começo a escutar a bateria e o pessoal aplaudindo, a emoção é muito grande. Eu choro em tudo".

Acostumada a assistir os demais desfiles na 'curvinha' do setor 1, ela fica atenta aos erros da concorrência:

"No carnaval, o barracão pode estar maravilhoso, mas é na avenida que se sabe o que vai ser. Para vencer, tem que estar perfeito".

Sextas de samba

Imagem: Zo Guimaraes/UOL

O "Botequim da Teresa", que vai ao ar todas as sextas, é o programa perfeito para quem ama boa música e papos interessantes. Teresa Cristina resgata a história de bares tradicionais do Rio de Janeiro, faz receitas clássicas de cada um deles e recebe convidados para conversas descontraídas. Assista à nova temporada no site de Nossa, no UOL Play ou no YouTube de Nossa (inscreva-se e receba atualizações fresquinhas).

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Tia Surica, 77 anos de Portela e um amor incondicional: 'Minha 2ª família' - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL


Botequim da Teresa