Comer ora-pro-nóbis combate prisão de ventre e fortalece imunidade; veja benefícios

Por Lucas Vasconcellos

A ora-pro-nóbis é mais popular em Minas Gerais, especialmente na região de Sabará, onde ocorre um festival dedicado a ela há mais de 20 anos.

iStock

A planta é apelidada de "carne de pobre" devido à sua riqueza nutricional, auxiliando na saúde intestinal, prevenção do envelhecimento precoce e ganho de massa magra.

iStock

Fácil cultivo, propagação e resistente a mudanças climáticas, a ora-pro-nóbis pode ser consumida in natura ou como base para diversos preparos, como bolos, tortas e pães.

Divulgação

Benefícios para a Saúde Intestinal: Destaque para a presença de fibras na ora-pro-nóbis, promovendo o bom funcionamento do processo digestivo e prevenindo problemas como constipação e tumores.

iStock

Propriedades Anti-inflamatórias e Antioxidantes: Compostos bioativos e fenólicos conferem à ora-pro-nóbis propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, contribuindo para a regeneração do DNA e prevenção de cânceres.

iStock

Utilização do Chá de Ora-pro-nóbis: O chá feito das folhas da planta tem função depurativa, sendo indicado para problemas inflamatórios como cistite e úlceras, além de ser útil no tratamento e prevenção de varizes.

iStock

Ácido Fólico para Gestantes: Destaque para o alto teor de vitamina B9 (ácido fólico), essencial para gestantes, ajudando a evitar problemas de má-formação fetal.

Pollyana Ventura/iStock

Fortalecimento do Sistema Imunológico: A presença de vitamina C na ora-pro-nóbis fortalece o sistema imunológico, evitando doenças oportunistas, enquanto a vitamina A contribui para a saúde da pele e dos olhos.

iStock

Proteína Vegetal e Apelido "Carne de Pobre": Apesar do apelido, a proteína vegetal na ora-pro-nóbis é destacada, apresentando cerca de 20g de proteína em 100g de farinha.

iStock

Benefícios para a Saúde do Coração: Rica em cálcio e magnésio, a ora-pro-nóbis contribui para a saúde cardiovascular, óssea, cerebral e do sistema digestivo.

iStock

Diversas Formas de Consumo: A ora-pro-nóbis pode ser consumida crua, refogada, em saladas, sopas, tortas, entre outros pratos. A forma de cozimento é recomendada para aproveitar melhor os nutrientes.

Reprodução/Blog Enten Queridos

Para mais informações, acesse VivaBem.

iStock
Publicado em 19 de fevereiro de 2024.