Aumenta imunidade, equilibra açúcar no sangue e reduz colesterol: os benefícios do agrião à saúde

Por Samantha Cerquetani

O agrião é de origem europeia e pertence à mesma família da couve, repolho e brócolis.

iStock

Possui folhas pequenas, arredondadas e verde-escuras, e é comumente consumido em saladas.

iStock

É um alimento pouco calórico, com apenas 23 calorias por 100 g. Contém proteínas, ferro, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, fibras, e vitaminas A, E, K e C.

iStock

Benefício para a Visão: Rico em luteína, zeaxantina e vitamina A, que diminuem o risco de catarata e degeneração macular.

iStock

Prevenção de Doenças Crônicas: Antioxidantes presentes no agrião protegem contra danos celulares e doenças crônicas como diabetes e câncer.

iStock

Saúde Cardíaca: Consumo regular reduz o colesterol "ruim" e controla a pressão arterial, diminuindo o risco de AVC e infartos.

iStock

Saúde Óssea: Contribui para a renovação óssea devido à presença de cálcio, magnésio, potássio, fósforo e vitamina K.

iStock

Sistema Imunológico: Em 100 g de agrião há 71,4 mg de vitamina C, que estimula a produção de glóbulos brancos.

iStock

Saúde Intestinal: Rico em fibras (1,98 g por 100 g), ajuda no funcionamento do intestino e previne constipação.

iStock

Controle de Peso: Poucas calorias e alta em fibras, aumenta a saciedade e ajuda no controle do peso.

iStock

Riscos e Contraindicações: Pessoas com problemas de coagulação sanguínea ou insuficiência renal devem moderar o consumo devido à vitamina K e potássio.

iStock

Para saber mais, acesse VivaBem.

iStock
Publicado em 09 de julho de 2024.