Novo SUV híbrido 'barato' chinês faz 36,2 km/l e vira power bank gigante

Por Alessandro Reis

Primeiro automóvel que a GWM vai produzir no Brasil a partir do primeiro semestre de 2025, o Haval H6 acaba de ganhar uma versão híbrida plug-in mais acessível.

Divulgação

Ela chega importada da China com preço promocional de R$ 229 mil até 21 de junho - a partir dessa data, o valor cobrado sobe a R$ 239 mil.

Divulgação

Trata-se do H6 PHEV19, uma opção mais acessível ao H6 PHEV34, que custa R$ 279 mil -- para ficar mais barato e concorrer de frente com o também chinês BYD Song Plus.

Dvulgação

O lançamento traz baterias com menor capacidade, também recarregáveis na tomada, e apenas um motor elétrico, instalado no eixo dianteiro.

Divulgação

Ainda assim, entrega bastante desempenho: são 326 cv de potência e 54 kgfm de torque, gerados pela combinação do motor 1.5 turbo a gasolina com o propulsor elétrico.

Divulgação

A título de comparação, o H6 mais caro traz dois motores elétricos, um em cada eixo, para render 393 cv e 77,7 kgfm, despejados nas quatro rodas.

Divulgação

Quanto à autonomia, o H6 mais em conta traz baterias de 19 kWh, suficientes para 115 km de autonomia no modo 100% elétrico no ciclo WLTP e 74 km na medição mais conservadora do Inmetro.

Divulgação

Conforme a fabricante, a novidade tem consumo médio de 36,2 km/l no ciclo urbano e de 31,1 km/l no rodoviário.

Divulgação

Vale destacar que o Haval H6 também conta com uma configuração ainda mais barata, por R$ 214 mil - esta opção é híbrida convencional, com baterias autorrecarregáveis de 2 kWh.

Divulgação

Em nosso primeiro contato ao volante do H6 híbrido plug-in mais barato, em rápido test-drive na capital paulista durante o evento de lançamento, pudemos constatar o que os números sugerem:

Divulgação

Ele anda muito bem e, provavelmente, você não vai sentir tanta diferença em relação ao modelo mais potente.

Divulgação

A fabricante informa aceleração de zero a 100 km/h em bons 7,6 segundos.

Divulgação

Por falar nas baterias de 19 kWh, elas podem ser reabastecidas em carregador rápido, com potência de até 33 kW - o que possibilita recarga de 30% a 80% em 28 minutos.

Divulgação

De resto, o H6 híbrido plug-in de entrada é quase igual à opção topo de linha. Por fora, você só percebe a diferença pelas rodas de liga leve que têm desenho exclusivo.

Divulgação
Publicado em 14 de junho de 2024.