Novo SUV híbrido 'barato' chinês faz 36,2 km/l e vira power bank gigante

Primeiro automóvel que a GWM vai produzir no Brasil a partir do primeiro semestre de 2025, na antiga fábrica da Mercedes-Benz em Iracemápolis, o Haval H6 acaba de ganhar uma versão híbrida plug-in mais acessível, que chega importada da China com preço promocional de R$ 229 mil até 21 de junho - a partir dessa data, o valor cobrado sobe a R$ 239 mil.

Trata-se do H6 PHEV19, uma opção mais acessível ao H6 PHEV34, que custa R$ 279 mil. Para ficar mais barato e concorrer de frente com o também chinês BYD Song Plus (R$ 229,8 mil), o lançamento traz baterias com menor capacidade, também recarregáveis na tomada, e apenas um motor elétrico, instalado no eixo dianteiro.

Ainda assim, entrega bastante desempenho: são 326 cv de potência e 54 kgfm de torque, gerados pela combinação do motor 1.5 turbo a gasolina com o propulsor elétrico - a título de comparação, o H6 mais caro traz dois motores elétricos, um em cada eixo, para render 393 cv e 77,7 kgfm, despejados nas quatro rodas.

Imagem
Imagem: Divulgação

Quanto à autonomia, o H6 mais em conta traz, como o nome sugere, baterias de 19 kWh, suficientes para 115 km de autonomia no modo 100% elétrico no ciclo WLTP e 74 km na medição mais conservadora do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) - o H6 com baterias de 34 kWh, por sua vez, entrega alcance de 170 km no WLTP, reduzido a 116 km no Inmetro.

Conforme a fabricante, a novidade tem consumo médio de 36,2 km/l no ciclo urbano e de 31,1 km/l no rodoviário.

Vale destacar que o Haval H6 também conta com uma configuração ainda mais barata, por R$ 214 mil - esta opção é híbrida convencional, com baterias autorrecarregáveis de 2 kWh, e não é capaz de rodar apenas na eletricidade.

Imagem
Imagem: Divulgação

Em nosso primeiro contato ao volante do H6 híbrido plug-in mais barato, em rápido test-drive na capital paulista durante o evento de lançamento, pudemos constatar o que os números sugerem: ele anda muito bem e, provavelmente, você não vai sentir tanta diferença em relação ao modelo mais potente. A fabricante informa aceleração de zero a 100 km/h em bons 7,6 segundos.

Continua após a publicidade

Da mesma forma que a opção mais cara que já era comercializada, o H6 PHEV19 também pode ser usado como um power bank gigante: com um cabo vendido à parte, ainda sem preço definido e que chega às concessionárias em agosto, é possível conectar até três equipamentos de 220 V simultaneamente, a uma corrente de até 13 A e potência máxima de 3.300 W.

Imagem
Imagem: Divulgação

Por falar nas baterias de 19 kWh, elas podem ser reabastecidas em carregador rápido, com potência de até 33 kW - o que possibilita recarga de 30% a 80% em 28 minutos.

De resto, o H6 híbrido plug-in de entrada é quase igual à opção topo de linha. Por dentro, a principal diferença são os detalhes na cor bronze no painel, nas portas e no seletor de marchas, e o revestimento dos bancos e das portas com partes na cor branca. Por fora, você só percebe a diferença pelas rodas de liga leve de 19 polegadas, que têm desenho exclusivo para a nova versão.

Imagem
Imagem: Divulgação

A lista de equipamentos é idêntica à do PHEV e inclui teto solar panorâmico, pacote de assistências à condução semiautônoma, câmeras 360º, bancos dianteiros com ajustes elétricos e ventilação, porta-malas com abertura elétrica, ar-condicionado de duas zonas.

Continua após a publicidade

FICHA TÉCNICA

Imagem
Imagem: Divulgação

Motor: 4 cilindros, turbo, injeção direta de gasolina com auxílio de motor elétrico no eixo dianteiro. 326 cv de potência 54 kgfm de torque combinados

Câmbio: automático com 2 marchas

Tração: dianteira

Dimensões: 4,68 m de comprimento, 1,87 m de largura, 1,73 m de altura e 2,74 m de distância entre-eixos

Continua após a publicidade

Peso: 1.890 kg em ordem de marcha

Porta-malas: 560 litros

Autonomia modo 100% elétrico: 115 km (WLTP) / 74 km (Inmetro)

Capacidade de reboque: 750 kg

Direção: elétrica

Pneus: 235/55 R19

Continua após a publicidade

Capacidade do tanque: 55 litros

Aceleração de 0 a 100 km/h: 7,6 s

Velocidade máxima: 180 km/h

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Deixe seu comentário

Só para assinantes