Controla nível de colesterol no sangue e reduz risco de enfarte: os 10 benefícios da lentilha à saúde

Por Samantha Cerquetani

A lentilha, leguminosa associada a sorte e prosperidade, é consumida há milhares de anos e pode substituir o feijão no dia a dia.

Divulgação

Rica em proteínas, ferro, magnésio, potássio, vitaminas, zinco, fibras e com baixas calorias, a lentilha contribui para uma dieta nutritiva.

Ricardo Toscani/UOL

Benefícios para o Coração: O consumo regular de lentilhas ajuda a combater doenças cardiovasculares, graças aos nutrientes magnésio e potássio, auxiliando na pressão arterial e controle do colesterol.

iStock

Saúde Óssea: As isoflavonas na lentilha aumentam a retenção de cálcio nos ossos, sendo benéfica para a prevenção e tratamento de osteoporose.

iStock

Recomendada para Gestantes: A lentilha, rica em fibras, proteínas e ácido fólico, é recomendada na gestação, prevenindo problemas como anencefalia e deformidades na medula.

iStock

Aliada na Perda de Peso: Fonte de fibras, a lentilha aumenta a saciedade, contribuindo para a redução da ingestão alimentar e auxiliando na perda de peso.

iStock

Prevenção da Prisão de Ventre: Com amido resistente, a lentilha melhora o funcionamento do intestino, prevenindo a prisão de ventre, sendo crucial manter uma boa hidratação.

iStock

Combate à Anemia: A concentração de ferro e ácido fólico na lentilha ajuda na prevenção e tratamento da anemia, sendo recomendado o consumo com fontes de vitamina C para aumentar a absorção.

iStock

Controle dos Níveis de Açúcar: As fibras solúveis na lentilha ajudam a controlar os níveis de glicose no sangue, sendo indicada para quem tem diabetes.

iStock

Fortalecimento do Sistema Imune: Com proteínas, antioxidantes, vitaminas do complexo B e zinco, a lentilha contribui para regular as células de defesa do organismo, fortalecendo o sistema imunológico.

iStock

Combate à Fadiga: A lentilha fornece minerais essenciais como ferro, ácido fólico, manganês e zinco, combatendo a fadiga e sendo uma fonte de energia.

iStock

Melhora do Humor: Com vitaminas, ácido fólico, manganês, ferro e fósforo, a lentilha atua no sistema nervoso central, estabilizando o humor e contribuindo para a produção de serotonina.

iStock

Estudo sobre Câncer Colorretal: Estudos indicam que a lentilha pode reduzir o risco de câncer colorretal, mas são necessárias mais pesquisas para confirmar esse benefício.

iStock

Riscos e Contraindicações: Pessoas com Síndrome do Intestino Irritável devem evitar a lentilha, e alérgicos devem ter cuidado. O consumo deve ser moderado em casos de doenças renais, hepáticas ou gota.

iStock

Para mais informações, acesse VivaBem.

Getty Images/iStockphoto
Publicado em 19 de dezembro de 2023.