BENEFÍCIOS da RÚCULA à SAÚDE: Extrai acidez do estômago e expande imunidade

Por Samantha Cerquetani

A rúcula é uma hortaliça verde-escura de sabor forte e picante, que pode fazer parte de diversas saladas acompanhando outras folhas como alface.

iStock

Possui vitaminas A, C e K além de cálcio, ferro, fósforo, magnésio e potássio. Por conta dos seus nutrientes, ela contribui com a saúde cardíaca e ajuda a combater diversas doenças.

iStock

Além de melhorar o sistema imunológico e a digestão. E também possui poucas calorias: em 100 g há 25 kcal. A seguir, veja detalhes dos benefícios da rúcula.

Getty Images

Faz bem para a visão

Pexels

Por ser fonte de carotenoides (precursores de vitamina A) e betacaroteno, a rúcula contribui com a saúde ocular. A rúcula ajuda a prevenir a degeneração macular, que é uma doença que atinge a retina e leva a perda progressiva da visão.

iStock

Ajuda na imunidade

iStock

Fonte de vitamina C, a rúcula fortalece o sistema imunológico, pois é um antioxidante e ajuda na eliminação de radicais livres. Dessa forma, ao consumir a hortaliça, o corpo responde melhor aos processos infecciosos e ao estresse oxidativo.

iStock

Contribui com a saúde dos ossos

Oleh Veres/iStock

Contém nutrientes essenciais para a saúde óssea, incluindo cálcio e vitamina K. A deficiência desses nutrientes aumenta o risco de fraturas ósseas. A vitamina K desempenha um papel importante na fixação do cálcio nos ossos, por exemplo.

iStock

Melhora a saúde do coração

iStock

Sabe-se que a vitamina K desempenha um papel importante na saúde cardíaca e diminui a mortalidade cardiovascular. Esse nutriente ajuda a prevenir a calcificação das artérias, que é uma das principais causas de ataques cardíacos.

iStock

Faz bem para a digestão

iStock

O gosto amargo da hortaliça ocorre devido ao enxofre, ou sulforafano, que ajuda a prevenir inflamações no intestino e facilita o processo digestivo em pessoas que sofrem com excesso de acidez no estômago.

iStock

Aumenta a saciedade

iStock

A rúcula aumenta a saciedade devido à presença das fibras, que retarda o esvaziamento gástrico e faz com que a pessoa se sinta saciada por mais tempo e consuma menos alimentos.

iStock

A rúcula é considerada um vegetal seguro para consumo. Apesar disso, os especialistas recomendam não consumi-la em grandes quantidades, já que as folhas podem causar enjoos e vômitos.

iStock

Quem tem insuficiência renal, entretanto, deve restringir o consumo da hortaliça por conta do potássio. Quem faz uso de medicamentos com propriedades anticoagulantes também deve se atentar ao consumo em excesso.

iStock
Publicado em 08 de fevereiro de 2024.