De Olho Nele: Semana #1

John Kennedy deu a Glória Eterna para o Fluminense

Entrou e resolveu!

Com 34 minutos do segundo tempo, John Kennedy entrou no lugar de Ganso. A final da Libertadores foi para prorrogação e, aos oito minutos da primeira etapa, um chute forte de perna direita mudou a vida do jovem de Itaúna (MG). Ele mesmo disse que, quando a bola quicou na sua frente, pensou na frase: "Segura o PAPUM, goleirão!"
REUTERS/Sergio Moraes

Diniz já sabia

Quando chamou o camisa 9, o comandante do Tricolor das Laranjeiras profetizou que ele seria responsável por dar alegria aos milhares de torcedores do Flu dentro e fora do Maracanã.
Jorge Rodrigues/AGIF

Você vai fazer o gol do título!

Fernando Diniz,
Técnico do Fluminense
Giphy

A típica história do herói

Dispensado por Atlético-MG, Cruzeiro e América-MG, John Kennedy teve problemas disciplinares. No Fluminense desde 2017, chegou a ser emprestado para a Ferroviária, onde amargou um rebaixamento no Paulistão desse ano.
Jorge Rodrigues/AGIF

De emprestado a rei do mata-mata

De volta ao Fluminense em 2023, começou a volta por cima. Ele foi um dos principais nomes na caminhada até a decisão da Libertadores, com gols nas oitavas, quartas e na semi. Na final, a cereja do bolo: gol do título no Maracanã, contra o Boca.
MAURO PIMENTEL / AFP

Novo capítulo

Já temos um grande roteiro de filme, né? Mas fica ainda melhor! A boa fase do garoto de 21 anos foi coroada com a convocação para seleção pré-olímpica.
Thiago Ribeiro/AGIF
Publicado em 06 de novembro de 2023.